Feriados e pontes em 2018: Marque já as suas férias

Já a pensar nas férias e miniférias? Conheça os feriados do calendário civil para 2018 e rentabilize ao máximo os dias de lazer.

Já é tradição: todos os anos, quando os portugueses começam a fazer contas aos dias de descanso, olham imediatamente para o calendário anual, em busca dos feriados para rentabilizarem ao máximo os 22 dias úteis de férias. E, assim, guardarem alguns dias para emergências ou para fins de semana prolongados.

feriados

Tome nota dos feriados em 2018

Tenha em atenção que nesta recolha apenas assinalamos aqueles que se celebram a um dia de semana.

1 de janeiro (segunda-feira)

O primeiro dia do ano é feriado. É aquele dia em que, à parte de alguns restaurantes e bares, quase todos os estabelecimentos comerciais estão de portas fechadas. No entanto, muitos portugueses aproveitam este feriado para marcar uns dias extra de férias e, assim, começar o ano em grande.

13 de fevereiro (terça-feira)

Em 2018, o Carnaval celebra-se a 13 de fevereiro. Se quer fazer as primeiras miniférias do ano, pode aproveitar para colocar a segunda-feira, dia 12 de fevereiro, de férias. Antes de pedir o dia de férias, assegure-se que a empresa dá o dia de Carnaval. Em Portugal, este não é um feriado oficial. Quem decide se terá, ou não, de trabalhar são os municípios (no caso dos funcionários públicos) e as empresas (trabalhadores do privado).

30 de março (sexta-feira)

Em 2018, a Sexta-feira Santa comemora-se no dia 30 de março. É um dos feriados que todos os anos muda de dia, mas, como o próprio nome indica, comemora-se sempre a uma sexta-feira. Aquela que antecede o Domingo de Páscoa. Apesar de ser uma época de comemorações intensas para muitos portugueses religiosos, outros há que aproveitam estes três dias de descanso para realizar as primeiras miniférias do ano.

25 de abril (quarta-feira)

O Dia da Liberdade celebra-se, em 2018, a uma quarta-feira. Pode tirar apenas dois dias de férias e gozar cinco dias no total ou tirar a semana toda para descansar. Assim fica a ganhar este dia de férias, para usar mais tarde.

1 de maio (terça-feira)

O Dia do Trabalhador celebra-se no primeiro de maio em inúmeros países. Em 2018, este dia comemora-se a uma terça-feira. Se tiver sorte, em maio já faz algum calor e pode aproveitar esta ponte para desfrutar de uns raios de sol.

31 de maio (quinta-feira)

Em 2018, os portugueses têm dois feriados em maio. O dia do Corpo de Deus é um dos feriados móveis do calendário civil português, que se celebra sempre a uma quinta-feira e, em 2018, acontece no dia 31 de maio.

13 e 29 de junho (quarta e sexta-feira)

Em junho comemora-se o Dia de Portugal (10 de junho). Porém, em 2018 este feriado calha a um domingo. O mesmo acontece com o feriado de São João (dia 24). Os municípios em que se celebra o Santo António (13 de junho) e o São Pedro (29 de junho) têm mais sorte, uma vez que estes feriados acontecem a uma quarta e sexta-feira, respetivamente.

15 de agosto (quarta-feira)

Depois de mais de dois meses sem feriados, a meio de agosto comemora-se a Assunção de Nossa Senhora, um dos feriados religiosos que se celebram em Portugal. Em 2018, acontece a uma quarta-feira.

5 de outubro (sexta-feira)

O Dia da Implantação da República, 5 de outubro, é um feriado nacional. Este feriado foi eliminado do calendário civil em 2012, mas regressou em 2016. Em 2018, este dia calha a uma sexta-feira, uma oportunidade para um fim de semana prolongado.

1 de novembro (quinta-feira)

O Dia de Todos os Santos é comemorado todos os anos no dia 1 de novembro em homenagem a todos os santos conhecidos e desconhecidos. Em 2018, celebra-se a uma quinta-feira.

25 de dezembro (terça-feira)

Os dois primeiros feriados de dezembro calham, em 2018, a um sábado. Mas, se ainda lhe sobrar um ou dois dias de férias, pode aproveitar este mês. O Dia de Natal celebra-se a uma terça-feira, por isso, aproveite para tirar o dia 24 de dezembro de férias e, assim, dedicar estes quatro dias à família.

Ler mais

Saiba mais sobre

Férias , Orçamento familiar

0

Comentários

Comentários

Os comentários podem ser editados por questões de clareza e para permitir respostas mais gerais.