< Voltar à página de Covid-19

Viaja em transportes públicos? Estas são as novas regras que tem de cumprir

Máscaras, cartão em vez de dinheiro, distanciamento social, desinfeção das mãos, paragem em todas as estações, mãos no colo e janela aberta. Estas são as novas regras para quem se desloca em transportes públicos, como autocarro, metro, comboio, táxi ou TVDE (Uber, Bolt, Cabify, Kapten, etc.).
Transportes públicos

São cada vez mais as pessoas que decidem sair de casa e que utilizam transportes públicos nas suas deslocações para trabalhar, levar os filhos à escola, lazer ou tratar de assuntos pessoais.

Por forma a assegurar a minimização da transmissão da doença Covid-19 nos transportes públicos, a Direção Geral de Saúde (DGS) publicou um documento com os novos procedimentos a adotar por passageiros, trabalhadores e empresas, durante a pandemia. Neste artigo, mencionamos apenas as orientações destinadas a passageiros.

Medidas para circular em transportes públicos

 

Transportes públicos coletivos e individuais


As medidas a adotar incluem:

  • Respeitar os circuitos adaptados, normas, medidas de segurança e de higiene recomendadas em cada meio de transporte;
  • Garantir individualmente o cumprimento das regras de etiqueta respiratória, da lavagem correta das mãos e do distanciamento físico recomendado:
    • Desinfetar as mãos antes e depois da utilização de um transporte público;
    • Evitar o contacto manual com as superfícies;
    • Manter o máximo de distância entre os utilizadores dos transportes, garantindo o distanciamento físico recomendado entre pessoas, durante o período de espera e de utilização do transporte;
    • Evitar a troca de bens materiais entre trabalhadores e utilizadores (por exemplo, pagamentos com moedas ou notas) e dar preferência ao pagamento eletrónico e sem contacto direto.
  • Utilizar uma máscara facial;
  • Abster-se de utilizar o transporte, no caso de apresentar sintomas sugestivos de infeção respiratória, excetuando casos urgentes e em circuitos cujo destino são unidades de saúde – caso o faça com sintomas respiratórios, deve utilizar uma máscara cirúrgica e reforçar as medidas acima descritas.

 

Transportes públicos coletivos (autocarro, comboio e metro)


As medidas a adotar incluem:

  • Garantir o máximo de distanciamento físico possível em relação aos restantes passageiros e aos colaboradores, em qualquer contexto, como na fila de espera dentro dos veículos, e na entrada e saída do transporte, da estação, do terminal ou da interface;
  • Minimizar os cruzamentos entre pessoas, nomeadamente em entradas e saídas do veículo, deixando passar primeiro quem está a sair;
  • Evitar deslocamentos desnecessários dentro do veículo, como a passagem entre diferentes carruagens ou áreas;
  • Minimizar a utilização de espaços confinados, como casas de banho ou zonas de atendimento ao público;
  • Respeitar as orientações dos motoristas e dos agentes do operador.

Nota

Se for um caso suspeito ou confirmado de Covid-19, não deve utilizar esta via de transporte. Caso esteja doente ou com sintomas, e for absolutamente necessário utilizar uma via coletiva de transporte, coloque uma máscara cirúrgica e reforce as precauções anteriormente descritas.

 

Transportes públicos individuais (táxi e TVDE)


As medidas a adotar incluem:

  • Colocar os pertences próprios na bagageira de forma autónoma e independente, sempre que possível;
  • Circular, sempre que possível, no banco traseiro;
  • Manter as mãos no colo durante a viagem e evitar o manuseamento e toque nas superfícies do interior do veículo;
  • Higienizar as mãos antes e após o contacto necessário para entrada e saída do veículo;
  • Evitar o contacto direto e próximo com o condutor.

Nota

Se for um caso suspeito ou confirmado de Covid-19, não deve utilizar esta via de transporte. Caso esteja doente ou com sintomas, e for absolutamente necessário utilizar uma via coletiva de transporte, coloque uma máscara cirúrgica e reforce as precauções anteriormente descritas.

Ler mais

Este artigo foi útil?

Lamentamos saber. Deixe-nos a sua sugestão de como melhorar?

Torne-se Associado

Saiba mais