< Voltar à página de Gestão Diária

COVID 19 (Coronavírus Disease 2019): o que é e como se deve proteger?

A Organização Mundial de Saúde já declarou o novo coronavírus, que pode levar à doença Covid-19, como uma pandemia.

Em Portugal, os números aumentam de dia para dia, muitas escolas já encerraram e o Plano Nacional de Preparação e Resposta à Doença por novo coronavírus (COVID-19), da Direção-Geral de Saúde, já foi divulgado.

Conheça as respostas a algumas das principais dúvidas sobre o vírus e como deve proteger-se. Para realizar este artigo, recorremos aos sites da Direção-Geral de Saúde (DGS), da Organização Mundial de Saúde (OMS) e ao Plano de Contingência.

O que é o novo coronavírus / Covid-19?

É um vírus que pertence à família dos coronavírus, conhecidos por causar doença no ser humano. A infeção pode ser semelhante a uma gripe comum ou apresentar-se como doença mais grave, como pneumonia.

O novo coronavírus, designado COVID-19 foi identificado pela primeira vez em dezembro de 2019 na China, na cidade de Wuhan. Este novo agente nunca tinha sido identificado antes em seres humanos.

Devo utilizar máscara em público?

De acordo a DGS, atualmente em Portugal não está indicado o uso de máscara para proteção individual, exceto nas seguintes situações:

  • Pessoas com sintomas de infeção respiratória (tosse ou espirro);
  • Suspeitos de infeção por COVID-19;
  • Pessoas que prestem cuidados a suspeitos de infeção por COVID-19.

Como se transmite?

Segundo a DGS, a via de transmissão ainda está em investigação, mas a transmissão pessoa a pessoa foi confirmada, “embora ainda não se conheçam mais pormenores”.

Assim, ao que se sabe, a doença pode transmitir-se:

  • Através de gotículas libertadas pelo nariz ou boca quando tossimos ou espirramos, que podem atingir diretamente a boca, nariz e olhos de quem estiver próximo;
  • As gotículas podem depositar-se nos objetos ou superfícies que rodeiam a pessoa infetada. Por sua vez, outras pessoas podem infetar-se ao tocar nestes objetos ou superfícies e depois tocar nos olhos, nariz ou boca com as mãos.

Quais os sintomas?

As pessoas infetadas podem apresentar sinais e sintomas de infeção respiratória aguda como febre, tosse e dificuldade respiratória.

Em casos mais graves, o Covid-19 pode levar a pneumonia grave com insuficiência respiratória aguda, falência renal e de outros órgãos e eventual morte.

Como me posso proteger do novo coronavírus?

Segundo informações da Organização Mundial de Saúde e da Direção-Geral de Saúde, as principais medidas de prevenção são:

1. Lavar as mãos frequentemente

Lavar as mãos regularmente com água e sabão, esfregando bem as mãos e os dedos durante pelo menos 20 segundos, reduz a transmissão de vírus que ocorre quando existe contacto direto entre pessoas ou por contato indireto, quando ocorre o toque numa superfície contaminada e depois o toque no nariz com a mão contaminada.

No período de contenção, opte por retirar todos os anéis de modo a potenciar uma boa higienização das mãos.

Reforce a lavagem das mãos antes e após a preparação de alimentos, antes das refeições, após utilização de casas-de-banho e sempre que as mãos estejam sujas.

  • Como realizar a higienização das mãos?
    Podem ser utilizadas duas técnicas lavagem: com água e sabão ou fricção com solução antissética de base alcoólica.

2. Adotar a etiqueta respiratória

As medidas de etiqueta respiratória são recomendadas “pela redução da dispersão de gotículas contaminadas pelo vírus que são lançadas no ar através da tosse ou espirro”, pode ler-se no documento.

Quais são as medidas de etiqueta respiratória?

  • Cobrir a boca e/ou o nariz ao tossir, assoar ou espirrar, com lenços de papel descartáveis e depositá-los imediatamente em recipientes adequados;
  • Não usar as mãos para cobrir a boca e/ou o nariz;
  • Na ausência de lenços de papel, usar o antebraço para tapar a boca e/ou o nariz;
  • Após tossir, espirrar ou assoar deve ser feita a higienização completa das mãos (poder-se-á utilizar, em alternativa, toalhetes com solução alcoólica);
  • Evitar tocar com as mãos na cara sem antes as ter higienizado;
  • Não cuspir para o chão.

3. Manter distância social

Manter, pelo menos, um metro de distância entre si e alguém que esteja a tossir ou a espirrar. Isto porque, quando alguém tosse ou espirra, liberta gotículas pelo nariz ou boca que podem conter vírus. Se estiver muito perto, pode respirar essas gotículas.

Que medidas deve adotar se visitou recentemente (há 14 dias) áreas de risco?

  • Ficar em casa
    Resguarde-se. Se se sentir mal fique em casa. Mesmo com sintomas leves, como dor de cabeça e corrimento nasal leve, até se recuperar.
  • Ligar para a Saúde 24
    Se tiver com tosse, febre e dificuldade em respirar contacte a saúde 24 (808 24 24 24) e siga as recomendações.

Quem são os grupos de risco?

Pessoas idosas, bem como as de todas as idades com problemas de saúde, como doenças cardíacas, doenças pulmonares, diabetes, imunodeprimidas, parecem ter um risco mais elevado de desenvolver uma forma grave de COVID-19.

Boas práticas – O que deve evitar

Restringir ao máximo possível:

  • Eventos sociais de qualquer natureza.
  • Idas a locais fechados com aglomerado de pessoas.
  • Viagens para locais onde o vírus está ativo na comunidade, dentro e fora do país.

Se a viagem for inadiável, as pessoas regressadas de uma área afetada devem estar atentas ao surgimento de febre, tosse ou eventual dificuldade respiratória.

Se surgir algum destes sintomas, não se devem deslocar para o trabalho nem aos serviços de saúde, mas sim ligar para o SNS24 – 808 24 24 24, e seguir as orientações que lhes forem dadas.

Por regra não se recomenda qualquer tipo de isolamento de pessoas sem sintomas.

 

 

Ler mais

Este artigo foi útil?

Lamentamos saber. Deixe-nos a sua sugestão de como melhorar?

Torne-se Associado

Saiba mais