< Voltar à página de Poupança

Tem 18 anos? Saiba como viajar pela Europa sem pagar

Apresse-se. Há apenas 302 bilhetes para Portugal e as inscrições começam no dia 12 de junho e terminam no dia 26 de junho às 12h00. Conheça as condições para se candidatar e o método de seleção.

10 perguntas e respostas para viajar pela Europa sem pagar:

1. Quem pode inscrever-se?

Para estar apto a receber este passe, é necessário reunir algumas condições:

  • Ter 18 anos em 1 de julho de 2018 (ou seja, ter nascido entre 2 de julho de 1999 e 1 de julho de 2000 inclusive);
  • Ter a nacionalidade de um dos 28 países da UE;
  • Preencher o formulário de inscrição online, indicando o número de cartão cidadão ou passaporte;
  • Começar a viagem num dos 28 países da EU;
  • Iniciar a viagem entre 9 de junho e 30 de setembro;
  • Estar disposto a tornar-se um embaixador DiscoverEU.

2. O que inclui o bilhete?

Os participantes selecionados recebem bilhetes para os destinos escolhidos, que inclui:

  • Viagens entre um e quatro países estrangeiros dentro da União Europeia;
  • Viagem de ida e volta.

A viagem pode durar, no máximo, 30 dias e o valor dos bilhetes é, em média, de 255 euros. As despesas de alojamento, alimentação, seguro e quaisquer outras despesas relacionadas com a viagem ficam a cargo dos participantes selecionados.

3. Quando são as inscrições?

O prazo para as candidaturas começa no dia 12 de junho às 12h00 e termina no dia 26 de junho às 12h00.

4. Como se inscrever?

As inscrições serão feitas no Portal Europeu da Juventude, num formulário que será disponibilizado para esse efeito. O primeiro passo é indicar um endereço eletrónico válido. Quando esse email estiver validado, é altura de preencher o formulário da candidatura. É necessário indicar os dados pessoais requisitados, fornecer informações sobre a viagem que está a planear (por exemplo, a data da viagem e países que quer visitar). Estas informações sobre a viagem não são vinculativas, pois é possível mudar de planos no momento da reserva do passe.

A próxima fase, à qual só passam os jovens que preencham os requisitos de candidatura, passa por responder a cinco perguntas relacionadas com o Ano Europeu do Património Cultural 2018, as iniciativas da União Europeia para jovens e as eleições para o Parlamento Europeu. Existe uma última pergunta, que serve de desempate, sobre esta iniciativa. Estas respostas servem para classificar candidatos e desempatar, caso haja muitas candidaturas. Após submeter a inscrição, os candidatos recebem uma mensagem de confirmação, informando-os sobre as datas previstas para a comunicação da decisão.

5. É possível um grupo de amigos candidatar-se?

Sim. Os jovens podem apresentar uma candidatura individual ou em grupo constituído, no máximo, por cinco pessoas. Deve ser nomeado um chefe de grupo, que preenche o formulário de candidatura e responde às cinco perguntas de cultura geral e à de desempate.  Após apresentar a candidatura, o chefe de grupo receberá um código, que deve ser comunicado aos restantes membros. Este código permite que estes possam inscrever-se.

6. O passe apenas é válido para comboios?

Não. A regra é que os participantes viagem de comboio, mas o passe também permite viajar em meios de transporte alternativos, como o autocarro ou o ferry. Os jovens que vivem nos Açores e Madeira poderão, a título excecional, realizar a viagem de ida e volta de avião.

7. Quantos bilhetes serão distribuídos em Portugal?

No total, há cerca de 15 000 bilhetes para oferecer aos jovens que preencham os requisitos. Os regulamentos preveem, ainda, uma quota de bilhetes para cada país membro da UE. Esta repartição baseia-se na percentagem da população de cada Estado-Membro em relação à população total da União Europeia. Em Portugal, existem 302 bilhetes para oferecer, enquanto na Alemanha são 2 427.

Isto significa que se houver mais inscrições do que bilhetes, os candidatos têm de passar por um processo de seleção.

8. Como é feita a seleção de candidatos?

Os candidatos têm de cumprir os critérios estipulados e responder a todas as perguntas feitas durante o processo de candidatura. Com base nestas respostas, os participantes serão classificados. Quando o prazo de candidatura terminar, os resultados serão extraídos do Portal Europeu da Juventude e enviados ao comité de avaliação.

Se houver candidaturas com a mesma classificação e o número das candidaturas exceder a quota prevista para a nacionalidade em causa, a Comissão Europeia aplica o princípio da ordem de chegada. Isto significa que serão selecionados, em primeiro lugar, os candidatos que tiverem respondido primeiro às perguntas.

9. Quando são comunicados os resultados?

Os resultados serão comunicados entre 28 de junho e seis de julho de 2018, por correio eletrónico. A Comissão Europeia encaminha a lista de selecionados para uma empresa contratada, que procederá à reserva, compra e distribuição dos bilhetes. A empresa entrará posteriormente em contacto com os participantes selecionados.

Caso não tenham sido selecionados, podem ser colocados numa lista de reserva, por ordem decrescente de classificação. Se o valor dos bilhetes atribuídos aos selecionados for inferior ao montante máximo previsto (255 euros), a Comissão Europeia pode atribuir bilhetes aos candidatos na lista de reserva, até ao montante máximo previsto.

10. O que é um embaixador DiscoverEU?

Os jovens que forem selecionados tornam-se embaixadores da iniciativa DiscoverEU e serão convidados a contar as suas experiências de viagem nas redes sociais ou em apresentações na escola ou comunidade local. Será ainda organizado um concurso de fotografia, que irá selecionar cinco vencedores.

Ler mais

Saiba mais sobre

Crianças e jovens , Viagens

0

Comentários

Comentários

Os comentários podem ser editados por questões de clareza e para permitir respostas mais gerais.