Perguntas frequentes

  1. O que é a Associação Mutualista Montepio?

  2. A Associação Mutualista Montepio é uma pessoa coletiva de direito privado e natureza associativa.

    É uma entidade da economia social e tem o estatuto jurídico de instituição particular de solidariedade social, pelo que é considerada de utilidade pública.

    Foi constituída em 1840 e reúne, atualmente, mais de 630 mil associados.

    Tem por finalidades o desenvolvimento de ações de proteção social, complementares ao sistema público de segurança social e de saúde, e a promoção da melhoria da qualidade de vida dos seus associados e suas famílias.

    Para tal, disponibiliza diversas soluções mutualistas de poupança e proteção, através de modalidades de benefícios (prestações) destinadas a prevenir ou a fazer face a situações da vida ou da saúde dos associados. Oferece ainda uma vasta rede de parcerias, que se estende pelo país e proporciona descontos e vantagens aos associados.

    Saiba tudo sobre a Associação Mutualista Montepio.

  3. Como posso tornar-me Associado?

  4. Para ser Associado efetivo da Associação Mutualista Montepio necessita:

    • Preencher a ficha de admissão;
    • Subscrever pelo menos uma modalidade de benefícios (Conheça aqui as nossas soluções de poupança e proteção);
    • Assegurar o pagamento da jóia de admissão, no valor de 9 euros, e a primeira quota associativa, no valor de 2 euros. A partir da admissão, a quota associativa será cobrada mensalmente por débito de conta bancária.

    Se pretende ser contactado, saiba mais sobre Ser Associado.

  5. Já fui Associado, mas deixei de pagar as quotas. Como sei se continuo a ser Associado?

  6. Para se manter Associado efetivo é necessário o pagamento mensal da quota associativa e a subscrição de uma modalidade mutualista individual.

    Estas duas condições determinam o estado do vínculo associativo e o estado da subscrição de cada Associado, que podem afetar o gozo de direitos associativos e levar à exclusão do Associado.

    Para conhecer o estado do seu vínculo associativo poderá contactar a Linha Associados, através do Tel. 213 248 112 (atendimento personalizado, todos os dias úteis, das 9h00 às 21h00) ou do e-mail.

  7. Preciso de ter conta na Caixa Económica Montepio Geral para me tornar Associado?

  8. Não, contudo terá vantagens, em termos de rapidez e de custos, em ter uma conta de depósito à ordem na Caixa Económica Montepio Geral. É a partir dessa conta que se realizarão as transferências necessárias ao pagamento da quota associativa e da quotização relativa à(s) modalidade(s) subscrita(s).

  9. Quero tornar o meu filho/neto/afilhado menor Associado. Como posso fazê-lo?

  10. A admissão de um menor como Associado efetivo só pode ser solicitada presencialmente pelos seus representantes legais ou por quem detenha o poder paternal.

    Para o fazer terá que garantir as seguintes condições:

    • Preencher a ficha de admissão com os dados do menor;
    • Apresentar os documentos de identificação do menor e dos seus representantes legais ou de quem detenha o poder paternal;
    • Subscrever, pelo menos, uma modalidade mutualista individual (Conheça aqui a nossa oferta de soluções de poupança e proteção) nas quais o menor é subscritor;
    • Assegurar o pagamento da jóia de admissão, no valor de 9 euros, e a primeira quota associativa*, no valor de 2 euros. Após a admissão, deverá pagar mensalmente a quota associativa*, assim como a quotização relativa à modalidade subscrita.

    *Atualmente, em virtude de uma campanha em vigor, os menores de 13 anos estão isentos do pagamento da quota associativa. Entre os 13 e os 18 anos o pagamento é de, apenas, 50% do valor daquela quota.

    Por razões de comodidade para o Associado, recomenda-se a existência de uma conta de depósito à ordem na Caixa Económica Montepio Geral, da qual seja (ou o menor) titular.

    Para aderir dirija-se a um Balcão da CEMG ou solicite contato.

  11. Quais as vantagens de ser Associado?

  12. Além das vantagens inerentes às modalidades subscritas, os associados Montepio usufruem de outros benefícios que proporcionam a melhoria da sua qualidade de vida.

    • Descontos na aquisição de bens e serviços junto de uma rede de parceiros nacionais e locais que reúne mais de 1 000 entidades;
    • Acesso a empréstimos com garantia das subscrições nas modalidades mutualistas e a bolsas de estudo;
    • Concessão de benefício em caso de morte ou invalidez por acidente (solidariedade associativa);
    • Condições especiais em serviços prestados por empresas do Grupo Montepio (Caixa Económica Montepio Geral, Lusitania – Companhia de Seguros e Residências Montepio);
    • Oferta cultural e de lazer, disponível, entre outros, a partir dos espaços Atmosfera m, do Clube Pelicas e das publicações periódicas da Associação Mutualista Montepio.

    Os associados ainda podem usufruir da participação nas iniciativas de dinamização associativa que permitem o convívio e a partilha de experiências entre a comunidade associativa.

  13. O que são modalidades mutualistas de poupança ou proteção?

  14. São regimes complementares de Segurança Social, de iniciativa individual ou coletiva e natureza associativa e mutualista, que permitem constituir soluções de poupança ou de proteção, em benefício do Associado subscritor ou dos beneficiários por ele indicados, prevenindo as situações de morte, invalidez, reforma ou longevidade do Associado subscritor.

    As modalidades mutualistas têm algumas caraterísticas técnicas semelhantes às dos outros regimes complementares (seguros de vida, seguros de capitalização, planos de poupança-reforma). Todavia, atendendo à natureza da Associação Mutualista Montepio e aos seus fins não lucrativos, as modalidades apresentam características específicas com reconhecidas vantagens, em termos económicos e sociais, para os subscritores.

    Conheça a nossa oferta de modalidades mutualistas de poupança e proteção.

  15. Como posso subscrever modalidades mutualistas da Associação Mutualista Montepio?

  16. Para subscrever modalidades mutualistas é importante distinguir dois casos:

    Não Associado

    A subscrição de, pelo menos, uma modalidade mutualista é realizada no momento do pedido de admissão como Associado efetivo. Nesse momento, escolherá a/s modalidade/s mutualista/s, assim como o valor da quotização.

    Saiba o que necessita fazer para ser Associado.

    Associado

    Se já é Associado efetivo, poderá fazer novas subscrições de modalidades mutualistas junto de um Gestor Mutualista, através do serviço Net24 ou de um Balcão da CEMG.

    Poderá, ainda, pelos mesmos meios, realizar entregas adicionais em subscrições de algumas modalidades de poupança.

  17. Onde posso encontrar mais informações sobre as modalidades mutualistas?

  18. Toda a informação regulamentar está presente na Ficha Técnica da Série/Modalidade, no Regulamento de Benefícios e nos Estatutos da Associação Mutualista Montepio, disponíveis em cada uma das páginas de modalidade, em Poupança e Proteção.

     

  19. Como está protegida a minha poupança nas modalidades mutualistas?

  20. Em cada modalidade mutualista, as responsabilidades assumidas para com os associados subscritores estão garantidas pelo respetivo Fundo Próprio ou Permanente e, complementarmente, pelo Fundo de Reserva Geral e por outras reservas especiais constituídas para esse fim.

    Tal como sucede com os demais regimes complementares de segurança social, as modalidades mutualistas não são depósitos bancários, pelo que não estão protegidas pelo Fundo de Garantia de Depósitos.

    A regulação, a supervisão prudencial e a fiscalização das modalidades mutualistas, e de toda a atividade da Associação Mutualista Montepio, são exercidas pelo Ministério do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social.

  21. Tem alguma pergunta que não encontra aqui respondida?

  22. Contate-nos pela Linha Associados, através do Tel. 213 248 112 (atendimento personalizado, todos os dias úteis, das 9h00 às 21h00) ou por e-mail.