< Voltar à página de Poupança

4 desafios de poupança para experimentar (e realizar os seus sonhos)

Seja criativo e descubra como tornar uma tarefa aborrecida num jogo divertido.
desafios de poupança

Tem um objetivo definido – fazer uma viagem, trocar de casa ou de automóvel, começar uma poupança para a reforma ou um fundo de emergência -, mas tem dificuldades em poupar? Conheça quatro desafios de poupança que podem ajudá-lo a aforrar de forma descontraída e, até, divertida.

1,2,3… comece agora um destes desafios de poupança!

Desafio das 52 semanas

Todas as semanas, coloque uma determinada quantia de dinheiro num pote transparente. A cada semana, o valor que deposita no frasco aumenta um euro. Assim, na primeira semana, coloca um euro. Na segunda semana, dois euros. Na terceira, três euros. E assim sucessivamente, até que, na última semana do desafio (52ª semana), coloca 52 euros. Ao todo, consegue poupar 1 378 euros.

A dificuldade vai aumentando de mês para mês, pois se, no primeiro mês, apenas tem de colocar 10 euros no frasco, no último terá de desembolsar 202 euros para este desafio de poupança.

Para muitas famílias, é difícil poupar valores elevados. Por isso, existem inúmeras variantes deste desafio.

  • 52 semanas decrescente. É possível, por exemplo, começar do valor mais elevado para o mais reduzido. Assim, aproveita um mês em que esteja com maior liquidez financeira, por ter recebido o subsídio de férias, de Natal ou reembolso do IRS, por exemplo, e começa a poupar a quantia máxima. Com esta estratégia decrescente só terá de poupar um euro na última semana.
  • “Bingo”. A base é a mesma, mas em vez seguir o cronograma normal das 52 semanas (crescente ou decrescente), todas as semanas poupa o valor que conseguir. Se numa semana conseguir poupar os 52 euros, mas na seguinte só poder desembolsar 2 euros, risca estes valores do mapa. O importante é que, no final do desafio, tenha os 1 378 euros no frasco. Esta variante adapta-se ao estado da sua carteira. Nas semanas em que está mais à vontade, poupa os valores mais elevados. Quando está com maiores dificuldades, os valores inferiores.
  • Mini desafio das 52 semanas. É exatamente o mesmo desafio. Porém, em vez de começar com um euro e aumentar esse valor a cada semana, faz a versão dos 0,50 euros. Em vez de chegar ao fim do ano com 1 378 euros, apenas consegue poupar 689 euros. O valor é menor, mas o importante é que consiga poupar dinheiro.

No Spend Challenge (desafio de não gastar dinheiro)

Tem dificuldades em economizar dinheiro ou em gerir o seu orçamento? Experimente o no spend challenge.  Trata-se de estabelecer um período de tempo (dias, semanas ou um mês) em que congela todos os seus gastos (não essenciais), por forma a conseguir controlar as finanças e poupar dinheiro.

Para levar este desafio a bom porto é necessário estabelecer regras e preparar-se.

A preparação passa por:

  • Definir a duração da experiência;
  • Elaborar a lista de itens em que não pode ganhar dinheiro;
  • Fazer a lista dos itens em que pode gastar dinheiro: créditos, eletricidade, água, telecomunicações ou despesas com escolas têm de estar garantidos;
  • Fazer o inventariado de tudo o que tem na despensa e frigorífico;
  • Pensar no menu para o período em causa; e
  • Fazer uma lista de compras de supermercado.

Desta forma, assegura que está aprovisionado, evitando as idas pontuais ao supermercado.

Para ajudar a manter o foco, faça também uma lista com os gastos diários, impulsivos e não essenciais, que costuma realizar. Alguns exemplos são as idas ao café para tomar o pequeno-almoço, refeições fora, idas ao cinema, compras de roupas ou gadgets. Durante o período em causa não gasta dinheiro nos itens dessa lista. No final desta experiência, porém, verá que conseguiu poupar dinheiro.

Spare change challenge (desafio dos trocos)

Este desafio não tem grande ciência por detrás e quase todas as pessoas já o experimentaram alguma vez na vida. Basta ter um frasco (ou outro tipo de recipiente) e no final do dia colocar todas as moedas que tiver no bolso ou na carteira nesse recipiente.

É simples e eficaz. Ao final do mês, já terá conseguido poupar determinada quantia sem fazer esforço. Se fizer este exercício durante um ano, o montante acumulado pode, por exemplo, servir para ajudar a pagar as suas férias.

5€ challenge (desafio das notas de 5 euros)

Alguma vez sentiu que as notas e moedas desaparecem da carteira sem dar por isso? Muitas vezes, acaba por não saber bem como gastou esse dinheiro. É um sentimento comum as muitas pessoas. Se está neste barco, o desafio das notas de 5 euros pode ajudar a controlar a forma como gere as finanças e a aumentar a sua poupança.

Assim, durante um período definido (o ideal é que seja um ano), deve guardar, num pote transparente, todas as notas de cinco euros que chegam às suas mãos. Imagine que pagou uma despesa de cinco euros com uma nota de 20 e recebeu três notas de cinco euros de troco. Essas três notas terão de ir para essa poupança. Ao final do ano, terá amealhado uma quantia avultada, quase sem esforço.

Ler mais

Saiba mais sobre

Orçamento familiar , Poupança

Torne-se Associado

Saiba mais