< Voltar à página de Poupança

Automóvel: 7 apps para poupar nas viagens diárias

Se utiliza o automóvel todos os dias nas deslocações para o trabalho, pegue no seu smartphone e comece a poupar nas viagens.
Automóvel: 7 apps para poupar nas viagens diárias

Viajar de carro todos os dias para o trabalho implica custos acrescidos com o combustível e, na maioria dos casos, voltas intermináveis à procura de um lugar para estacionar. Contudo, esta é, muitas vezes, a única alternativa possível para quem vive ou trabalha em locais com uma fraca oferta de transportes públicos. Para o ajudar a economizar nas viagens diárias de automóvel, preparámos uma seleção de apps para smartphone.

7 apps para poupar nas suas viagens de automóvel

1. Waze

O Waze é um caso sério no setor da navegação e planificação de percursos. Esta app orgulha-se de ser “a maior comunidade de condutores do mundo” e é essa a sua principal mais-valia já que são estes utilizadores que contribuem com informações, em tempo real, do estado do trânsito.

É, por isso, um bom sistema de navegação para ter à mão, sobretudo para quem efetua deslocações em hora de ponta. Com o GPS ligado, escolha o destino do percurso e o Waze mostra-lhe o melhor itinerário. E se, em tempo real, outros condutores derem o alerta sobre um acidente ou obras na via, que poderão afetar o seu percurso, o Waze encontra-lhe uma alternativa com menos trânsito. Desta forma, conseguirá evitar muitos pára-arranca, desgaste da viatura e gastos de combustível.

Gratuito? Sim.
Sistemas operativos: iOS, Android e Windows Phone.

2. Gasol

O custo do combustível é a despesa mais visível do uso diário de um automóvel. Contudo, uma escolha acertada do posto de abastecimento pode fazer a diferença no dinheiro que gasta mensalmente. Para saber qual a opção mais económica, consulte a app Gasol.

Esta plataforma mostra-lhe as bombas de combustível mais próximas e os respetivos preços. Tem um desconto em determinada marca? Acrescente essa informação na app (cêntimos de desconto por litro) e a indicação do posto de abastecimento mais barato terá esse aspeto em conta. A opção “Génio” é particularmente útil na hora de abastecer. A Gasol consegue indicar-lhe qual a melhor opção, em tempo real, tendo em conta os litros a colocar no depósito, o preço e a distância que terá de percorrer até ao local.

app agrega a informação de preços disponível na Direção-Geral de Energia e Geologia (DGEG). Por isso, tenha em mente que os preços indicados na Gasol podem não estar atualizados e que certos postos de abastecimento não constam da base de dados.

Gratuita? Sim.
Sistemas operativos: iOS e Android.

3. Mais Gasolina Mobile

Encontrar o posto de abastecimento mais vantajoso é também a missão da Mais Gasolina Mobile. Esta app tem um funcionamento semelhante ao da Gasol, mas com uma diferença importante: a informação de base é fornecida pelos próprios utilizadores e não pela DGEG. O recurso ao crowdsourcing (contribuição coletiva) permite, por isso, uma atualização mais dinâmica dos preços.

Ao consultar a informação existente para determinado posto de combustível, tenha em atenção a data de atualização do preçário (a cor cinzenta indica que o preço está desatualizado). Os preços indicados são bastante fidedignos e contribuem para poupanças reais. Segundo contas da própria app, os utilizadores da Mais Gasolina Mobile poupam, em média, 1,81 euros por depósito.

Através da sua localização, a app permite-lhe encontrar o posto mais barato nas imediações ou, em alternativa, comparar alternativas ao longo do seu trajeto. Escolha, no mapa, o ponto de partida e de chegada e indique as diferentes variáveis a ter em conta: consumo em litros/100km, tipo de combustível, valor pago pelo último abastecimento, valor do abastecimento a efetuar e possíveis descontos de que beneficia em cada marca. A partir desta informação, a app indicar-lhe-á a opção mais económica.

Gratuita? Sim.
Sistemas operativos: Android.

4. MeuCarro

Esta é uma ferramenta ideal para gerir, ao pormenor, o orçamento relacionado com o seu carro. Registe os abastecimentos efetuados ou os gastos de manutenção e reparação na oficina, por exemplo. A esta informação, acrescente também as despesas de viagem, separando-as entre custos pessoais ou profissionais. No final, terá um quadro completo do valor que gasta com o seu automóvel, incluindo a eficiência do seu motor (ao cruzar os dados de abastecimentos com os quilómetros percorridos). Para complementar, a app mostra-lhe a cotação do seu veículo, para que possa decidir, por exemplo, se é mais económico trocar de carro ou apostar em reparações.

Além da gestão do orçamento, a MeuCarro tem ainda incorporado um sistema de alertas. Pode definir um lembrete para o pagamento do IUC (Imposto Único de Circulação) ou para o tempo de parquímetro, contornando esquecimentos e consequentes multas. Cada registo – seja na área de despesas, seja nos lembretes – é feito tendo em conta o automóvel. Ou seja, é possível criar fichas para vários veículos em simultâneo, o que garante um controlo sobre todas as viaturas da família.

Gratuito? Sim.
Sistemas operativos: iOS e Android.

5. ViaMichelin

É fã da ViaMichelin, o conhecido portal da Michelin para o cálculo de itinerários? Nesse caso, saiba que esta plataforma tem também uma versão app.

Tal como na versão para website, cada simulação de percurso é acompanhada de uma estimativa de tempo e custos (combustível e portagens) em função de vários critérios, incluindo o tipo automóvel e de combustível. Pode optar, por exemplo, pelo trajeto mais rápido ou, em alternativa, pelo mais económico.

A app integra ainda dados sobre o trânsito, em tempo real, obtidos através do contributo dos vários utilizadores ViaMichelin. Estes alertas (seja de obras ou de acidentes) são incorporados ao longo do itinerário.

A app não possui versão em português e é necessária uma ligação à Internet para que os itinerários fiquem disponíveis.

Gratuita? Sim.
Sistemas operativos: iOS, Android e Windows Phone.

6. Trip Splitter

Quem costuma organizar viagens partilhadas sabe que fazer a divisão de despesas entre os passageiros pode não ser tarefa fácil. Há que ter em conta os custos de combustível e as portagens, mas também eventuais condições combinadas à partida (por exemplo, o proprietário do carro paga menos, para compensar o desgaste da viatura). Para o ajudar nestes cálculos – e agilizar a gestão de viagens partilhadas – a Trip Splitter tem as ferramentas necessárias.

Registe cada viagem e os vários passageiros, definindo a tipologia de participação (passageiro pagante ou não-pagante) e os detalhes de pagamento. Acrescente as várias despesas e ilustre-as com fotografias dos recibos, para um registo minucioso. A partir daqui, a ferramenta faz as contas por si, quer opte por uma divisão igualitária ou desigual. A app permite ainda registar o tipo de pagamento (numerário, crédito, débito ou “presente”) e guardar o histórico de transferências entre passageiros – o que é particularmente útil para manter um registo de viagens frequentes, sem esquecer dívidas passadas.

Gratuita? Não (1,99€)
Sistemas operativos: iOS.

7. BlaBlaCar

Ainda no tema das viagens partilhadas, a BlaBlaCar permite-lhe combinar boleias com desconhecidos, em segurança. Quer aceda pelo website ou pela app, pode publicar novas viagens e aguardar inscrições de utilizadores ou, em alternativa, procurar viagens existentes e reservar o seu lugar.

A app recomenda um preço justo por boleia, para que tanto o condutor como os passageiros possam sair a ganhar. A BlaBlaCar tem um sistema de verificação e avaliação de cada utilizador registado, para uma maior segurança nas viagens.

Cada condutor inscrito na plataforma tem de prestar informação sobre a marca/modelo de carro que será usado e comportamento em viagem (por exemplo, se gosta de ouvir música ou se gosta de conversar).

Gratuita? Sim.
Sistemas operativos: iOS e Android.

 

Ler mais

Este artigo foi útil?

Lamentamos saber. Deixe-nos a sua sugestão de como melhorar?

Torne-se Associado

Saiba mais