10 dicas para poupar água (e dinheiro) em casa

Economizar água em casa é o caminho para reduzir a fatura mensal e ajudar o ambiente. Descubra 10 soluções práticas para diminuir o consumo deste recurso essencial à vida.
Artigo atualizado a 29-11-2022

Poupar água é um dos maiores desafios da sociedade global. E os argumentos excedem, largamente, a vertente financeira. Apesar de ser fundamental à vida humana, a água é um recurso natural escasso. Por isso, deve ser gerida de modo responsável por todos.

A importância de poupar água é mais relevante quando a seca é uma preocupação crescente na Europa. Além disso, e de acordo com a Agência Portuguesa do Ambiente (APA), a seca tem particular relevância nas regiões desertificadas do interior sudeste de Portugal e Espanha.

Como poupar água de forma simples

1. Avalie o consumo de água em sua casa

O primeiro passo para poupar água começa na avaliação dos seus hábitos. A Câmara Municipal de Gondomar, por exemplo, disponibiliza um simulador online gratuito dedicado ao consumo sustentável da água. Defina a tipologia da sua habitação e o número de habitantes e, a partir daí, preencha os dados relativos ao uso de água em sua casa. À medida que avança no simulador, a ferramenta faz as contas aos litros de água gasta em cada ação e partilha dicas para atingir a eficiência hídrica.

2. Não desperdice, aproveite

O autoclismo é um dos principais focos de desperdício de água das nossas casas. Em cada descarga, pode gastar até cerca de 15 litros de água. Se não tiver opção de meia descarga, pode colocar uma garrafa de 1,5 litros cheia no depósito do autoclismo e assim diminuir o gasto para 8,5 litros por descarga.

3. Reutilize a água

Enquanto espera que a água aqueça na banheira ou duche, coloque um recipiente debaixo da torneira e reaproveite a água para outros fins: no autoclismo, na rega de plantas ou na lavagem do carro. Além da água do banho, poderá também aproveitar a água da chuva ou da cozedura de vegetais (depois de ter arrefecido).

4. Feche a torneira

Sempre que possível, opte por duches mais rápidos em vez de banhos de imersão. Para poupar água, feche a torneira enquanto se ensaboa ou lava os dentes. Na cozinha, sempre que necessite de lavar loiça à mão, junte todas as peças sujas no lava-loiça ou numa bacia, evitando a água corrente.

5. Acabe com os pingos

Toc, toc, toc. Pingo a pingo, uma torneira estragada desperdiça mais água do que imagina. Segundo dados do Portal da Água, projeto da Águas de Portugal para a eficiência hídrica, uma torneira a pingar a cada 5 segundos, durante 24 horas, corresponde a um gasto diário de 30 litros de água, o equivalente a 10 000 litros de água por ano.

Tenha também atenção aos autoclismos mal vedados. Para detetar possíveis fugas, deite umas gotas de corante no depósito do autoclismo. Se encontrar pontos coloridos na sanita, é sinal de que o seu autoclismo está a verter água.

6. Espere até a carga estar completa

Necessita de usar a máquina da roupa ou da loiça? Espere até os equipamentos estarem cheios (carga completa) para colocá-los a funcionar. Ao evitar lavagens frequentes com meia carga, conseguirá poupar água e energia. Hoje em dia, existem máquinas de lavar a loiça e a roupa com programas que reduzem o consumo de água. Opte por estes quando chegar a altura de colocar a sua roupa ou loiça a lavar.

7. Reduza o caudal

A instalação de redutores de caudal, peças metálicas que se aplicam na ponta das torneiras e dos chuveiros, permite poupar água sem esforço. Um chuveiro com sistema redutor de caudal pode representar uma poupança de água equivalente entre 50% a 80%.

8. Lave o carro sem mangueira

Se é dos automobilistas que preferem lavar o carro em casa, saiba que deve optar por fazê-lo com um balde com água, ajudado por uma esponja, e não com uma mangueira continuamente aberta.

Segundo a EPAL, empresa que abastece água aos habitantes de Lisboa, lavar o automóvel com mangueira equivale a um gasto de 570 litros. Se utilizar um balde, apenas usará cerca de 57 litros de água. Em alternativa, poderá optar pela lavagem numa estação de serviço. Explore as opções nas imediações, de forma a encontrar as ofertas mais económicas.

Por fim, lave o carro com a menor frequência possível e esteja atento à meteorologia. Se o Instituto Português do Mar e da Atmosfera prever precipitação nos dias ou semanas posteriores à sua intenção de lavar o carro, opte por esperar pela água da chuva.

9. Aproveite a água da chuva

Se possui uma varanda ou um jardim, armazene a água da chuva e aproveite para regar as suas plantas. Não se esqueça, porém, que nunca o deve fazer nas horas de maior calor, uma vez que a água se evapora com facilidade. Assim, deve regar as plantas e frutos nas primeiras horas da manhã ou à noite.

10. Recorra à tecnologia para poupar água

Vive em Lisboa e quer uma ajuda extra sobre como poupar água? Nesse caso, poderá recorrer a duas ferramentas desenvolvidas pela EPAL, o Waterbeep e o MyAqua.

O Waterbeep permite comparar os seus gastos com o consumo per capita da cidade e otimizar o uso da água. A ferramenta é gratuita para clientes domésticos e requer o envolvimento do utilizador através da comunicação de leituras, ao longo do mês.

A MyAqua, por seu turno, é uma app gratuita que permite aos clientes gerir os dados de contrato, comunicar a leitura do contador, consultar as contas de água por regularizar e acompanhar a evolução dos consumos de água. Ao estar informado sobre os seus gastos, pode começar a promover a utilização racional deste recurso.

Tome nota

Se detetar uma fuga de água na via pública, avise a entidade gestora de água do seu município ou região. Deste modo, evita que uma grande quantidade de água potável seja desperdiçada.

Os números que vão ajudar a poupar água

  • Um duche de 15 minutos com a torneira aberta consome cerca de 180 litros de água. Mas se fechar a torneira enquanto se ensaboa e diminuir o tempo do duche para 5 minutos, reduzirá o consumo de água para 60 litros;
  • Se lavar as mãos ou os dentes com a torneira aberta, pode gastar cerca de 14 litros de água. Se usar um copo, pode diminuir para apenas 1 litro,
  • Ao manter a torneira aberta enquanto faz a barba, pode gastar até 40 litros de água. Se colocar uma tampa no lavatório, gastará apenas 2 litros;
  • Segundo as Nações Unidas, um ser humano necessita de 110 litros de água por dia. Em Portugal, a utilização média de água por cidadão é de 187 litros por dia;
  • Ao lavar o carro com uma mangueira pode gastar até 500 litros de água. Se lavar com balde e esponja, este número diminui para 50 litros, de acordo com o Portal da Água.
Ler mais

Mais sobre

Casa , Poupança

Este artigo foi útil?

Se ficou com dúvidas ou tem uma opinião que deseja partilhar, preencha o formulário abaixo para entrar em contacto connosco.

Torne-se Associado

Saiba mais