< Voltar à página de Boas Práticas

20 conceitos-chave do setor da economia social

Inovação social, desenvolvimento sustentável, impacto social, filantropia de impacto e investidor social. Saiba o que significam estes (e outros) conceitos-chave, mas pouco conhecidos, do setor da economia social.

Para o ajudar a compreender, mais de perto, o mundo conceptual do setor da economia social, compilámos um glossário com os principais termos desta “outra economia”. Antes do mais, sabe o que é o setor da economia social?

O setor da economia social visa satisfazer necessidades sociais, promover a coesão social, combater a exclusão e pobreza ou suprimir falhas e lacunas que os demais setores da economia (público e privado capitalista) apresentam a esse respeito. É gerido por organizações sem fins lucrativos que convergem num conjunto de aspetos, nomeadamente:

  • Respeito pela dimensão humana;
  • Primazia das pessoas e do trabalho sobre o capital;
  • Vontade de promover espaços de realização individual
  • Visão democrática e participada da organização.

Glossário do setor da economia social

Ação Social

Práticas voluntárias desenvolvidas para atender às necessidades da sociedade nas áreas da alimentação, saúde, assistência social, cultura e educação.

Associação

Pessoa coletiva composta por pessoas singulares e/ou coletivas, sem finalidades lucrativas, agrupadas em torno de objetivos e necessidades comuns. Tem número ilimitado de associados, capital indeterminado e duração indefinida.

Desenvolvimento Sustentável

Crescimento económico e social sustentável para a sociedade, sem comprometer os recursos do planeta que contribuirão para suprir as necessidades das gerações futuras.

Empresa social

Empresa com fins lucrativos que combina a utilização dos principais mecanismos comerciais (venda de bens ou serviços) e o setor social, criando assim uma estrutura comercialmente viável focada na criação de valor e de impacto social positivo, em oposição à criação de lucro para os seus acionistas. Em Portugal, não existe ainda estatuto jurídico de empresa social.

Empreendedorismo Social

Processo de desenvolver e implementar soluções sustentáveis para problemas negligenciados da sociedade. O empreendedorismo social tem alguns princípios centrais que incluem priorizar a criação de valor para a sociedade, o foco na inovação face às regras e soluções estabelecidas, a procura da sustentabilidade da solução desenhada e o empenho em capacitar os principais participantes da cadeia de valor.

Entidades da economia social

Organizações que procuram resolver problemas da sociedade, em particular aqueles problemas que afetam populações mais excluídas, desprotegidas, negligenciadas ou discriminadas. Estas organizações podem ter um conjunto variado de estruturas legais, incluindo associação, fundação, cooperativa, misericórdia, associações mutualistas.

Filantropia

Palavra que vem do grego e significa “amor à humanidade”. Refere-se às ações sociais ou doações sem fins lucrativos praticadas por indivíduos, empresas ou instituições.

Filantropia de Impacto

Mecanismo de investimento em empreendedores sociais e nas suas inovações que inclui tanto recursos financeiros como aconselhamento, acesso a redes e outras formas de capacitação.

Impacto Social

Verifica-se quando uma comunidade ou região é melhorada por meio de projetos ou programas que têm precisamente o objetivo de provocar um efeito positivo. O impacto implica uma avaliação para se medir até que ponto a realidade mudou e se foram alcançados resultados corretos. Deve ser tida em atenção a sustentabilidade do impacto, isto é, se a mudança gerada nos comportamentos ou situação perdura no tempo.

Iniciativa de Inovação e Empreendedorismo Social (IIES)

São projetos que propõem respostas inovadoras, que se distinguem das respostas tradicionais na resolução de problemas sociais, pelo seu potencial de impacto e sustentabilidade financeira. Exemplo muito conhecido de uma IIES é a Wikipedia, que revolucionou o acesso ao conhecimento através de um modelo de enciclopédia online construída colaborativamente pelos utilizadores.

Investidor social

Entidade privada, pública ou do setor da economia social, com objetivos filantrópicos ou comerciais, que contribui com recursos financeiros para o desenvolvimento de uma iniciativa de inovação e empreendedorismo social, com o objetivo de obtenção de impacto social.

Investimento de Impacto ou Investimento Social

Aplicação de capital em atividades, organizações ou fundos com o objetivo de obter simultaneamente um retorno financeiro e um retorno de valor para a sociedade, sendo que ambos os tipos de retorno são monitorizados e influenciam a tomada de decisão do investidor. O termo investimento de impacto tem origem nos EUA e está normalmente limitado à aplicação de recursos na qual haja alguma expectativa de retorno financeiro. O termo investimento social tem origem no Reino Unido e utiliza-se normalmente para descrever a aplicação de recursos e investimentos em organizações do setor social. Os dois termos do setor da economia social têm vindo a convergir e são muitas vezes utilizados como sinónimos.

Investimento Socialmente Responsável

Modelo de investimento que recusa a obtenção do lucro a qualquer custo. Este tipo de investimento destina-se a empresas que aliem os seus ganhos a boas práticas (sociais, societais, ambientais e de sustentabilidade). O seu objetivo é provocar uma mudança na sociedade.

Inovação social

Solução distinta para um problema da sociedade com impacto positivo comprovado e superior às soluções existentes tendo em conta o custo de oportunidade dos recursos utilizados. Uma inovação social deve, idealmente, ser simples na conceção, replicável para outros contextos e assente em recursos baratos e abundantes ou então em recursos e modelos de negócio altamente escaláveis. A inovação social é, assim, o resultado bem-sucedido do processo de empreendedorismo social.

Mecenato

Apoio financeiro, humano ou material fornecido sem contrapartida direta por uma empresa ou indivíduo a uma ação ou atividade de interesse geral (solidariedade, ambiente, cultura ou research e pesquisa).

Medição de Impacto

Processo de analisar, calcular e monitorizar as mudanças, tanto positivas como negativas, resultantes de uma determinada intervenção. Uma iniciativa, programa, projeto ou organização, por exemplo. Tanto quanto possível o impacto deve ser traduzido em indicadores que se possam quantificar. Existem variadas metodologias de medição de impacto embora nenhuma seja aceite como referência global.

Stakeholder

Anglicismo que se refere a um indivíduo ou um grupo de indivíduos que podem afetar o crescimento de uma organização ou empresa pelas suas ações, opiniões e vice-versa. Em inglês, stake significa interesse, participação, risco e holder aquele que possui. Portanto, stakeholder refere-se também à parte interessada ou interveniente.

Solidariedade

Sentimento de ajuda e responsabilidade recíproca entre pessoas pertencentes ao mesmo grupo ou comunidade e que se comprometem moralmente perante o outro. A solidariedade opõe-se ao conceito de individualismo e é associada ao altruísmo e fraternidade.

Responsabilidade Social Empresarial

Conceito utilizado por empresas privadas que, orientadas por princípios éticos, estão empenhadas no desenvolvimento social com atividades de preservação do ambiente ou práticas filantrópicas. Este conceito está diretamente ligado à noção de desenvolvimento sustentável.

Voluntariado

Ação realizada por quem faz trabalhos voluntários sem ganho financeiro ou obrigação. Essa atividade pode ser individual ou de grupo.

Ler mais

Saiba mais sobre

Economia social

0

Comentários

Comentários

Os comentários podem ser editados por questões de clareza e para permitir respostas mais gerais.