Escreva uma carta de apresentação sem falhas

Está à procura de emprego? Selecione as dez empresas onde gostaria de trabalhar e empenhe-se verdadeiramente na elaboração das respetivas cartas de apresentação. O Ei ajuda-o a conquistar o trabalho que procura.
Artigo atualizado a 06-03-2017
Saiba como escrever uma carta de apresentação sem falhas

Impressione o empregador

A primeira oportunidade para um candidato se distinguir é a sua carta de apresentação. Se descuidar este “cartão-de-visita”, de pouco lhe valerão as horas que poderá ter dedicado a aperfeiçoar o seu CV: o seu potencial empregador pode nem chegar a vê-lo. “A carta de apresentação é a primeira oportunidade de impressionar o empregador, não apenas uma mera capa do seu Curriculum Vitae (CV)”, refere o artigo “Three excellent cover letter exemples”, do The Guardian.

O melhor ângulo

Na sua carta de apresentação deve destacar as razões pelas quais a empresa deve apostar em si

Ao escrever a carta de apresentação, foque-se mais nas razões pelas quais a empresa precisa de si, e pelas quais deve contratá-lo, do que nos motivos pelos quais deseja a vaga a que se candidata. Antes de redigir a sua carta de apresentação pergunte a si próprio: como é que poderei ajudar a empresa a alcançar os seus objetivos? Que competências possuo que me levam a ser uma verdadeira mais-valia? “O erro mais comum ao escrever uma carta de apresentação é concentrar-se nas razões pelas quais a oportunidade de trabalho é positiva para si, em vez de se focar nas necessidades da empresa”, explica o empreendedor Jesse Hertzberg, no artigo “The Best Cover Letter”.

Investigue antes de começar a escrever a carta de apresentação

Informe-se sobre a empresa e o trabalho a que se candidata. Visite o seu site e Facebook. Pesquise o Twitter e as páginas pessoais dos principais administradores no LinkedIn. Consulte os perfis de alguns colaboradores. Averigue os principais desafios da empresa. Finalmente, entenda de que forma poderá contribuir para o seu sucesso.

Seja breve e redija uma frase de abertura forte

A carta de apresentação deve ser breve, de modo a facilitar a sua leitura e evitar perdas de tempo ao destinatário. Sintetize as suas mais-valias profissionais em poucos parágrafos. “Quanto mais breve e poderosa for a sua comunicação, mais forte será a carta de apresentação. Os empregadores não têm muito tempo para analisar cartas de apresentação e currículos”, indica o artigo “6 Unconventional Ways To Start Your Cover Letter.

Poder de síntese

A sua carta de apresentação deve ser breve para facilitar a leitura e evitar perdas de tempo ao destinatário

Prepare uma carta de apresentação personalizada para cada candidatura e pense numa frase de abertura forte. Deixe claro o motivo pelo qual é a pessoa certa para o emprego. Seja direto e dinâmico. A maioria das pessoas inicia a carta de apresentação de uma forma pouco apelativa: “Em resposta ao vosso anúncio, com a referência X, no dia Y, apresento a minha candidatura”. Não faça o mesmo. Diferencie-se pela positiva.

Enfatize o seu valor, sem exageros

Dê a conhecer os seus pontos fortes, analise a descrição do trabalho e as principais caraterísticas solicitadas. Quando estiver a redigir a sua carta de apresentação, torne claros os motivos pelos quais deve ser contratado.

Os empregadores procuram pessoas que os ajudem a resolver problemas. O artigo “How to Write a Cover Letter”, da Harvard Business Review, recomenda que comece por mencionar uma tendência genérica que condicione o setor da empresa a que se candidata. Indique, de seguida, como a sua experiência lhe permitirá ajudar a empresa a responder a esse desafio. Explique, por exemplo, como contribuiu para a resolução de um problema semelhante no passado, partilhando uma conquista relevante.

Era uma vez…

Contar uma pequena história relacionada com a sua experiência profissional valorizará a sua carta de apresentação. Ao mesmo tempo, irá revelar um pouco sobre a sua personalidade, permitindo ao empregador conhecê-lo melhor. Por exemplo, se sabe que a empresa a que se candidata tem uma cultura mais informal, poderá ser mais criativo e audaz na sua abordagem.

Quando estiver a redigir a carta de apresentação tenha sempre presente um fator decisivo: a honestidade. No artigo “The Cover Letters That Make Hiring Managers Smile (Then Call You)”, a especialista em recursos humanos Jenny Foss sublinha: “Se escrever uma carta de apresentação genuína irá sempre muito mais longe.”

No final, reveja minuciosamente a sua carta de apresentação e peça a outra pessoa da sua confiança que também o faça, com um olhar crítico e exigente. Depois, copie a sua carta e envie-a no corpo do email com o seu CV em anexo. Boa sorte!

Ler mais

Mais sobre

Procurar emprego

Este artigo foi útil?

Lamentamos saber. Deixe-nos a sua sugestão de como melhorar?(opcional)

Torne-se Associado

Saiba mais