8 sites de promoções para poupar (em quase tudo)

E se pudesse poupar mais de 50% em compras básicas de supermercado, restaurantes, cabeleireiros, estadias em hotéis ou viagens?
Artigo atualizado a 19-11-2021

Existem centenas de sites de promoções que oferecem descontos diretos ou vales para gastar em todo o tipo de produtos e serviços. O Ei comparou blogues, plataformas de cupões, sites de vouchers e agregadores de compras coletivas e selecionou dez opções para poupar.

Plataformas de cupões

1. Para mim

Existe em 80 países e oferece promoções e cupões de desconto de marcas bem conhecidas. Poderá poupar em quase tudo: de detergentes a produtos de higiene pessoal, passando por medicamentos ou objetos de decoração. Basta registar-se e imprimir os cupões que lhe interessam. Terá de estar atento, porque a procura é grande e as ofertas são limitadas. Tenha em atenção o prazo de validade para apresentar os vales nas lojas e supermercados.

Sites de descontos

1. Mygon

A vantagem em relação à concorrência é conseguir ganhar tempo. Com a Mygon pode reservar e aproveitar uma oferta promocional de um restaurante cinco minutos antes de se apresentar para jantar, por exemplo. A empresa é portuguesa e trabalha com descontos diretos de quase cinco mil outras empresas, de restaurantes a cabeleireiros, passando por spas e todo o tipo de atividades de lazer. Encontra, frequentemente, descontos superiores a 50%. Pode pesquisar no site – ou na app – por comerciantes ou pelas campanhas mais próximas de si.

3. Groupon

É a líder mundial em ofertas promocionais. Congrega, sobretudo, ofertas relacionadas com restaurantes, tempos livres, viagens, beleza e spas, saúde e fitness. O site é bastante intuitivo. Na homepage encontra uma série de descontos e pode filtrar a pesquisa pelo tipo de produto que pretende e pela zona em que procura. Depois de pagar – pode fazê-lo com cartão de crédito ou através de uma conta paypal –, basta apresentar o cupão junto do comerciante, tendo em atenção o prazo de validade para fazê-lo.

4. Booking

É líder nos descontos em hotéis. Basta indicar a zona em que pretende conseguir alojamento, em Portugal ou no estrangeiro, e escolher. Há hotéis para todos os gostos, desde hostels modestos a unidades hoteleiras de luxo. Para fazer a maior parte das reservas precisará de um cartão de crédito, mas em alguns casos pode pagar mais tarde, diretamente no hotel.

Agregadores de compras coletivas

5. Forretas.com

Os agregadores de compras coletivas são sites em que os serviços/produtos são vendidos com um determinado desconto com o pressuposto de que serão comprados por um número pré-estabelecido de consumidores. No Forretas encontra quase tudo: colchões, telemóveis, robots aspiradores, móveis, mini drones, produtos de maquilhagem ou câmaras de videovigilância. Pode pesquisar por produto ou pelos descontos ativos na sua cidade. Muitos das compras chegam a atingir descontos superiores a 50%.

6. Clube Fashion

Existe desde 2006 e promete campanhas “de curta duração”. Os descontos variam entre os 30% e os 80% face aos preços de loja. A maioria das campanhas diz respeito a conhecidas marcas de roupa e de cosmética. Como funciona? É uma espécie de leilão. O site disponibiliza um desconto num produto, que estará ativo por um determinado período de tempo. O arranque de cada campanha costuma ser anunciado três dias antes e os pagamentos podem ser feitos com cartão de crédito ou no multibanco. Os produtos são entregues ao domicílio ou recolhidos diretamente no ClubeFashion.

Blogues especialistas em promoções

7. Poupadinhos e com vales

Tem mais de 200 mil seguidores e foi criado por uma professora de Marketing especialista em promoções. Além de disponibilizar vales de desconto e divulgar passatempos de marcas, a autora do blogue partilha receitas económicas e de reaproveitamento de alimentos e ensina a poupar. Há dicas sobre poupança em medicamentos ou nas compras para a casa e truques para identificar “as armadilhas promocionais” dos supermercados.

8. O Caça Promoções

É seguido por mais de 110 mil pessoas. O blogue é atualizado com os folhetos promocionais dos vários hipermercados e partilha “revistas de imprensa” – dando conta das promoções publicadas em jornais ou revistas – e passatempos lançados por marcas conhecidas. O autor já criou uma área para o Natal deste ano.

 

Ler mais

Este artigo foi útil?

Lamentamos saber. Deixe-nos a sua sugestão de como melhorar?(opcional)

Torne-se Associado

Saiba mais