Como se compara o seu rendimento com o de outros? Este simulador diz-lhe

Quando pensa no rendimento da sua família, sente-se rico, pobre ou na média? Confirme se a sua percepção está correta.
Artigo atualizado a 30-11-2021

A maioria dos cidadãos não tem ideia – ou tem a ideia errada – de como se compara, a nível de rendimentos, com o resto da população. É o seu caso? Agora, já pode descobrir quantos agregados familiares têm uma situação financeira melhor ou pior do que a sua. São necessários apenas cinco cliques.

Simulador “Compare o seu rendimento”

O Eurostat, gabinete de estatísticas da União Europeia, criou um simulador que permite aos cidadãos compararem o rendimento da sua família com os de outros agregados familiares do seu país, ficando a saber se estão acima ou abaixo da média nacional. Através desta aplicação é possível ainda fazer comparações com outros países da União Europeia. Preparado para começar?

O simulador “Compare your income” (“Compare o seu rendimento”, em português) está disponível no site do Eurostat, apenas em inglês, francês e alemão. Mas a ferramente é muito intuitiva. Faça já a sua simulação. Para o ajudar nessa tarefa, o Ei explica-lhe o que deve fazer, passo a passo:

  1. Comece por escolher o país (neste caso, Portugal). Se pretender comparar o seu rendimento familiar disponível com os de famílias de outro país da União Europeia, basta selecionar esse país. Após seleção do país, este é imediatamente assinalado, a cor laranja, no mapa.
  2. Em seguida, indique o rendimento mensal líquido de impostos e contribuições da sua família. Some salários, subsídios, pensões, apoios sociais, lucros de investimentos e rendas recebidos ao longo do ano. Depois, divida o resultado por 14.
  3. Preenchidos estes dois campos, clique na seta à direita do ecrã.
  4. Indique o número de pessoas do seu agregado que têm mais e menos de 14 anos de idade.
  5. Para concluir a simulação, clique na seta à direita do ecrã.

 

Simulações

O Ei fez duas simulações para uma família fictícia composta por dois adultos e dois filhos com menos de 14 anos de idade e com um rendimento mensal líquido de 2 500 euros. Comparando com a realidade nacional, o simulador permite concluir que este agregado familiar tem uma situação financeira privilegiada. Apenas 20% das famílias em Portugal dispõem de um rendimento mensal líquido mais elevado (ver imagem abaixo). O mesmo é dizer que 80% das famílias portuguesas têm menos do que este valor para organizarem o seu orçamento mensal.

Já em comparação com a realidade alemã, a situação financeira desta família portuguesa não é animadora. O simulador mostra que 70% dos agregados familiares na Alemanha levam mais do que este dinheiro para casa (ver imagem abaixo). Isto é, apenas 30% das famílias alemãs vivem com um rendimento mensal líquido inferior.

Ler mais

Mais sobre

Orçamento familiar

Este artigo foi útil?

Lamentamos saber. Deixe-nos a sua sugestão de como melhorar?(opcional)

Torne-se Associado

Saiba mais