6 jogos financeiros para ensinar os seus filhos a lidar com dinheiro

Um jogo divertido pode trazer muitas lições aos mais jovens sobre como lidar com dinheiro e gerir as responsabilidades que os esperam na vida adulta.
Artigo atualizado a 20-04-2021
jogos financeiros

Aprender a administrar o dinheiro desde a infância é importante para salvaguardar o futuro financeiro. Os jogos de tabuleiro tornam essa aprendizagem divertida, mas é essencial escolher um que seja adequado à idade. Se for demasiado fácil, pode tornar-se aborrecido. Se for demasiado difícil, não é divertido. Conheça, em seguida, seis jogos financeiros para mostrar às crianças como gerir as responsabilidades monetárias.

6 jogos financeiros ideais para a família

1. Monopólio

É um verdadeiro clássico dos jogos de tabuleiro e pode ser jogado entre amigos ou em família. Este jogo financeiro, à venda em qualquer supermercado, tem como objetivo principal comprar propriedades que geram rendimentos e, como consequência, aumentar a sua conta bancária. Mas no Monopólio, tal como na vida, há circunstâncias que podem virar o jogo do avesso e se os jogadores não delinearem uma estratégia nem fizerem uma boa gestão dos seus ativos, podem perder tudo e ficar na bancarrota.

  • Lição financeira

Uma partida de Monopólio está recheada de boas oportunidades para conversar sobre dinheiro com as suas crianças. É altura para explicar como funcionam os créditos, os juros e o pagamento da dívida, assim como através do investimento, neste caso o arrendamento imobiliário, podemos obter rendimentos a longo prazo. Pode também ensiná-los sobre a importância de ter um orçamento e um fundo de emergência para lidar com despesas inesperadas, como uma ida para a prisão ou o pagamento dos impostos.

2. O Jogo da Vida

Tal como o Monopólio, o Jogo da Vida é um clássico no armário dos brinquedos das famílias portuguesas. Este jogo permite que os jogadores tomem as suas próprias decisões à medida que passam por diferentes fases da sua vida adulta. As opções são muitas e começam antes do jogador mexer o peão: escolhe ir para a universidade ou começar logo a trabalhar? Ao longo do percurso, terão de lidar com as encruzilhadas e escolher um caminho, que pode ser relacionado com a família, carreira, aventura – tal como na vida real.

  • Lição financeira

O Jogo da Vida implica que os jogadores façam escolhas financeiras corretas para ter sucesso, enquanto navegam pelo tabuleiro em direção à reforma. É uma ótima oportunidade para ensinar os seus filhos acerca da importância da escolha da carreira, do crédito responsável, dos seguros e o impacto que algumas decisões têm no seu futuro, como ter filhos ou ser demasiado gastador.

 3. As Minhas Compras!

Com este jogo de tabuleiro as crianças podem simular a compra de artigos nas diferentes secções de um supermercado, como talho, peixaria, frutaria, padaria, entre outros. O objetivo passa por comprar um produto em cada secção, saindo vencedor o jogador que ficar com mais dinheiro após completar o cesto de compras.

  • Lição financeira

Durante este jogo, ensine alguns conceitos importantes às crianças, como a poupança, a importância de não gastar mais do que ganha e de realizar escolhas financeiras sábias. A principal, talvez, é a ideia de que uma vez gasto, o dinheiro já não regressa à carteira.

4. Paga e Cala

Este jogo de tabuleiro da Majora tem como objetivo gerir os rendimentos de uma família, com diversas entradas e saídas de dinheiro. Enquanto os jogadores navegam pelo tabuleiro surgem despesas fixas para pagar, compras para fazer, despesas inesperadas, semelhante ao que acontece durante os 30 dias do mês, até ao dia de receber o ordenado. Um jogo que simula a vida e que vai divertir a família.

  • Lição financeira

Aproveite para conversar sobre a importância de ter um orçamento familiar para evitar gastar mais do que recebe. Um orçamento que preveja as despesas fixas do mês, a poupança, mas que também tenha margem para o divertimento. Por fim, a lição mais importante é que deve existir sempre uma almofada financeira para lidar com as despesas imprevistas.

Os Associados Montepio usufruem de um desconto de 25% na aquisição de produtos Majora na loja online.

5. The Sims

Trata-se de um jogo de computador que simula a vida real a partir de personagens criados pelos jogadores. Tal como na realidade, os personagens têm desejos, necessidades e personalidades. O objetivo é dar-lhes uma vida feliz e satisfazer as suas necessidades, providenciando boas noites de sono, alimentação correta, segurança, uma carreira profissional e relações sociais adequadas. Os personagens começam com a quantidade de dinheiro suficiente para adquirir uma casa pequena e móveis básicos, mas têm de trabalhar para melhorar a sua qualidade de vida.

  • Lição financeira

Para comprar uma casa maior, um automóvel melhor e ter mais qualidade de vida, os personagens têm de trabalhar, pagar as contas a tempo e horas e planear bem os próximos passos. Uma ótima oportunidade para ensinar as crianças a fazer orçamento, planear gastos e traçar objetivos para o dinheiro.

6. Jogos de simulação de negócios

A partir dos anos 1990, muitas produtoras de jogos de computador desenvolveram séries que simulavam a gestão de negócios em áreas como os transportes, a agricultura, a restauração e a hotelaria. Nos últimos anos, jogos como Transport Fever, Railway Empire ou Planet Zoo transportam o espírito destes simuladores pioneiros para as novas gerações.

  • Lição financeira

Direcionados para um público-alvo adolescente, os jogos de computador de simulações de negócios podem não só incutir a boa gestão financeira nos jovens adultos mas também ter uma palavra a dizer na escolha de uma carreira ou até espicaçar a vertente empreendedora. E uma vez que todos estes jogos simulam situações de vida real, há escolas e professores que os recomendam para estudantes de economia e gestão. Quem sabe o hobby do seu filho não se transformará, um dia, na sua profissão?

Ler mais

Este artigo foi útil?

Lamentamos saber. Deixe-nos a sua sugestão de como melhorar?(opcional)

Torne-se Associado

Saiba mais