< Voltar à página de Proteção

Para que serve um seguro de vida?

Um seguro de vida é importante para salvaguardar as responsabilidades familiares e os compromissos financeiros. O objetivo é manter a família protegida contra qualquer infortúnio que ameace o rendimento habitual.

Escolher um seguro de vida pressupõe ter consciência que existem riscos no dia-a-dia de uma família, com consequências graves e de elevado impacto no orçamento familiar. O objetivo é garantir o futuro daqueles que dependem de si. Saiba como um seguro de vida o pode ajudar a proteger a sua família.

Saiba como um seguro de vida o ajuda a proteger a sua família

O que é um seguro de vida?

É um seguro que garante, como cobertura principal, o risco de morte ou de sobrevivência (ou ambos), de uma ou várias pessoas seguras. Também pode incluir o risco de invalidez, de acidente ou de desemprego, como coberturas complementares.

Capital a segurar

Tenha em conta as despesas com os estudos dos filhos, o apoio ao cônjuge, dívidas e outros compromissos financeiros

“No seguro de vida que cobre o risco de morte da pessoa segura (seguro em caso de morte), o segurador paga ao beneficiário o capital acordado, se a pessoa segura morrer durante o período fixado no contrato”, explica a Autoridade de Supervisão de Seguros e Fundos de Pensões (ASF).

Já no seguro de vida que cobre o risco de sobrevivência da pessoa segura, o segurador paga ao beneficiário o capital acordado, se a pessoa segura estiver viva no final do contrato. Este é o seguro em caso de vida. Geralmente, este tipo de seguros é utilizado para a constituição de uma poupança. Nestes casos, o beneficiário pode ser a própria pessoa segura.

Também existem modalidades mistas que englobam as duas situações, regra geral com capitais distintos. Ou seja, o segurador paga em caso de morte e em caso de vida da pessoa segura.

No cálculo do valor do seguro de vida são tidos em conta vários aspetos. É o caso do estado de saúde do subscritor, a existência de hábitos prejudiciais à saúde ou a iminência de uma situação de desemprego.

O que ter em conta na hora de escolher?

Existem vários fatores a considerar na subscrição de um seguro de vida. É importante verificar quais são as suas necessidades de capital. O capital a segurar deve responder às suas responsabilidades familiares, associadas, por exemplo, aos estudos dos filhos e apoio ao cônjuge. Tenha também em consideração o valor de dívidas e outros compromissos financeiros.

O capital a segurar, aliado às coberturas que deseja para o seguro, definirá o prémio a pagar. O prémio pode ser mensal, trimestral, semestral ou anual. Na prática, quanto maior for o capital a segurar, maior será o prémio a pagar.

Que informações têm de ser prestadas antes de celebrar o contrato?

  • Definição de cada cobertura;
  • Prémios relativos a cada cobertura;
  • Rendimento mínimo garantido (taxa de juro mínima garantida e respetiva duração), quando exista;
  • Valores de resgate, de redução e penalizações;
  • Encargos e o momento em que são cobrados;
  • Regime fiscal (por exemplo, os benefícios fiscais existentes);
  • Possibilidade de acesso aos dados médicos de exames realizados.

Para que não tenha quaisquer contratempos com o seguro de vida e fique a conhecer todos os benefícios e custos associados, leia com a máxima atenção o prospeto do produto.

Ler mais

Saiba mais sobre

Família , Saúde , Seguros

0

Comentários

Comentários

Os comentários podem ser editados por questões de clareza e para permitir respostas mais gerais.

Modalidade Proteção Vida

NÃO VAI ACONTECER. MAS, E SE ACONTECER?

Quem vai garantir o bem-estar dos seus filhos?

O tema não é fácil, mas a pergunta tem de ser feita: se lhe acontecer alguma fatalidade ou um infortúnio da vida o deixar incapacitado, quem vai garantir o futuro dos seus filhos? Como vai assegurar a sua educação e o seu bem-estar? Subscreva as modalidades mutualistas Proteção Vida ou Proteção – Outros Encargos, e garanta já hoje que o futuro dos seus filhos não tem “ses”.

Oferta da Jóia de Admissão para novos associados
Torne-se Associado até 31 de julho e usufrua da oferta da Jóia de Admissão, no valor de 9€.

As vantagens de começar agora

Proteção vitalícia do risco de morte

  • Mantenha a estabilidade da sua família ou de outros beneficiários por si nomeados

Uma solução flexível à sua medida

  • Faça a sua subscrição entregando as contribuições mensais (quotas) podendo a qualquer momento efetuar a entrega única daquelas

Sem comissões de subscrição

  • Não é cobrada qualquer comissão de subscrição

Tem dúvidas?




O que precisa de saber

Idade de subscrição: Para os associados entre os 14 e os 65 anos
Prazo: Modalidade vitalícia
Capital subscrito: mínimo de 1 500€; máximo de 250 000€
Possibilidade de desistência: Em qualquer altura sem perda da totalidade das contribuições que entregou

Escolha um dos planos

A modalidade Proteção Vida permite a escolha entre 3 planos:

  • Plano PV – Capital e quotas constantes
  • Plano PV 2,5 – Capital e quotas crescentes à taxa anual de 2,5%
  • Plano PV 5 – Capital e quotas crescentes à taxa anual de 5%

Como subscrever a modalidade Proteção Vida

Para subscrever esta modalidade mutualista, basta:

  • Ser Associado (caso não seja poderá tornar-se de modo simples e rápido) e manter o vínculo associativo enquanto mantiver a subscrição
  • Identificar o(s) beneficiário(s) por morte
  • Subscrever o capital no valor que pretende que o/s beneficiário/s venha a receber por sua morte, definindo o plano de crescimento daquele capital (constante ou crescente)
  • Cumprir os requisitos etários e de aprovação médica

A segurança do Mutualismo

As suas contribuições estão em boas mãos com a Associação Mutualista Montepio. Todos os capitais, pensões ou rendas a pagar pela Associação estão garantidos pelo seu ativo. Com 177 anos de experiência na gestão das poupanças, bem como de coberturas por morte, invalidez e longevidade dos portugueses, os mais de 630 mil associados fazem desta Associação uma referência no setor mutualista e da economia social.

Pronto para começar?

Preencha os campos com a sua informação. Brevemente entraremos em contacto para apoiar no processo de subscrição.









Tomei conhecimento que pelo preenchimento e envio do presente formulário, o MGAM, enquanto responsável pelo tratamento, registará e procederá ao tratamento do seu nome, NIF, montante que que deseja subscrever, contacto telefónico e endereço de email dos quais é titular, sendo estes dados recolhidos para efeitos de estabelecimento de contacto via telefónica e/ou via e-mail conforme seu pedido. Ver mais aqui.

Ler mais