< Voltar à página de Boas Práticas

Conhece a campanha Amigos na Demência? Temos um guia para si

Se tem familiares ou amigos com demência, então este artigo interessa-lhe. Saiba mais sobre a demência e como lidar ou conviver com uma pessoa com esta condição.

Amigos na Demência. Este é o mote da mais recente campanha de sensibilização da Associação Alzheimer Portugal para mudar o pensamento e a maneira de agir perante a demência e também consciencializar para a mudança de comportamentos que tornem a sociedade mais amiga das pessoas com esta condição.

Lançada a 30 de julho, Dia Internacional da Amizade, a campanha “Amigos na Demência” tem uma duração prevista de três anos (2018-2020). A iniciativa integra-se no movimento global Dementia Friends liderado pela Alzheimer’s Society no Reino Unido e conta com a adesão de cerca de 2,5 milhões de “Amigos” em vários países do mundo.  Em Portugal, a campanha tem o Alto Patrocínio do Presidente da República e o apoio de um conjunto alargado de parceiros de referência, como a Associação Mutualista Montepio e a Fundação Montepio.

Com a campanha Amigos na Demência, a Alzheimer Portugal pretende transmitir cinco mensagens principais:

1. A demência não faz parte do envelhecimento normal
Apesar de afetar sobretudo as pessoas mais velhas, a demência não faz parte do envelhecimento normal. Pessoas mais novas também podem desenvolver demência.

2. A demência é causada por doenças no cérebro
Como qualquer órgão do nosso corpo, o cérebro também pode ser afetado por doenças. Existem mais de 100 tipos de demência, sendo a doença de Alzheimer uma das mais comuns.

3. A demência não se resume à perda de memória
A dificuldade em memorizar novas informações ou lembrar-se de acontecimentos, pessoas ou tarefas do dia a dia é, sem dúvida, o sintoma mais conhecido da demência. Mas não é o único. Dificuldades de raciocínio de resolução de problemas e alterações da linguagem, do humor ou do comportamento são outros dos sintomas associados à demência.

4. É possível viver melhor com demência
Apesar de a demência implicar vários desafios, o importante é criar um ambiente que facilite a ocupação e o lazer das pessoas afetadas. Essencialmente, aquilo que uma pessoa precisa para viver melhor com demência é de apoio e de compreensão.

5. A pessoa é mais do que a demência
Uma pessoa com demência é uma pessoa como qualquer outra, por isso, não devemos nunca dizer “doente” ou “demente”, mas sim usar a expressão “pessoa com demência”, pois assim vemos a pessoa em primeiro lugar, não apenas a demência.

Gostava de ser Amigo na Demência, mas não sabe como fazê-lo? O Ei explica-lhe tudo.

Guia Amigos na Demência

O que é um Amigo na Demência?

Ser Amigo na Demência é simplesmente aprender mais sobre esta condição e, depois, pôr em prática os conhecimentos adquiridos sempre que tiver que lidar ou conviver, no seu dia a dia pessoal, familiar, profissional ou de lazer, com uma pessoa com demência.

Tenho de prestar cuidados a uma pessoa com demência?

Tornar-se Amigo na Demência não implica necessariamente oferecer o seu tempo numa base regular ou acompanhar uma pessoa com demência em particular. A campanha Amigos na Demência não se destina à prestação de cuidados diretos às pessoas com demência.

Posso ser Amigo na Demência?

Qualquer pessoa, de qualquer idade, pode ser Amigo na Demência. Não é necessário ter uma ligação pessoal ou profissional à área da demência. Basta comprometer-se ativamente na melhoria do dia a dia das pessoas com demência. Como? Através de pequenas ações, como:

  • Não usar as expressões “demente” ou “demenciado” relativamente a uma pessoa com demência;
  • Consciencializar os familiares e amigos sobre os desafios que as pessoas com demência enfrentam;
  • Incentivar os familiares e amigos a tornarem-se Amigos na Demência;
  • Manter o contacto com uma pessoa com demência (contribuindo para o não isolamento).

Como é que posso tornar-me Amigo na Demência?

Um cidadão pode tornar-se Amigo na Demência essencialmente por duas vias:

  • Site www.amigosnademencia.org
    Basta aceder ao site, registar-se, visionar o vídeo para aprender um pouco mais sobre a demência e, de seguida, comprometer-se com uma ação, preenchendo o formulário de compromisso.
  • Sessões de informação
    A partir de janeiro de 2019, poderá participar numa sessão de informação realizada por um embaixador Amigos na Demência e, assim, aderir à iniciativa.
Ler mais

0

Comentários

Comentários

Os comentários podem ser editados por questões de clareza e para permitir respostas mais gerais.