Segurança Social Direta: saiba como efetuar o registo e pedir a palavra-passe

Neste artigo, explicamos como aceder imediatamente a todos os serviços disponibilizados na Segurança Social Direta.
Artigo atualizado a 27-07-2022

Através da Segurança Social Direta é possível aceder a um vasto conjunto de serviços sem necessidade de deslocação a um espaço de atendimento físico. Por exemplo, requerer uma prestação social, consultar a carreira contributiva ou simular o valor da pensão de velhice.

Se ainda não utiliza este canal direto da Segurança Social, não perca mais tempo. Explicamos o que deve fazer.

O que é necessário para aderir à Segurança Social Direta?

São poucos os requisitos para usufruir dos serviços disponíveis na Segurança Social Direta. Basta ter acesso à internet, Número de Identificação da Segurança Social (NISS) e registo de acesso à Segurança Social Direta.

Após o registo, a autenticação neste canal pode ser efetuada de três formas: com o Cartão de Cidadão, através de um leitor de cartões; com a Chave Móvel Digital; ou com a palavra-passe definida no registo.

Como efetuar o registo?

Para registar-se na Segurança Social Direta siga os passos que indicamos abaixo.

1.º passo

Aceda ao site da Segurança Social Direta, através do endereço https://app.seg-social.pt/sso/login.

Segurança Social Direta

2.º passo

Clique no botão “Efetuar registo”.

3.º passo

Clique no botão “Li e aceito os termos e condições do serviço”.

Segurança Social Direta

4.º passo

Indique qual o tipo de conta que pretende criar: cidadão ou Empresa/ Instituição. Neste caso, selecione a opção “Cidadão”. Em seguida, insira os dados de identificação solicitados, isto é, o seu NISS e a sua data de nascimento. Faça ainda um visto em “Não sou robô”. Finalmente, clique no botão “Seguinte: canal de verificação”.

5.º passo

A Segurança Social vai enviar um código de verificação que lhe permitirá definir a sua palavra-passe. Para tal, selecione o canal pelo qual pretende receber o código de verificação: email ou SMS. Os canais apresentados são os que tem registados na Segurança Social.

Se não tem contactos registados na Segurança Social, ser-lhe-á disponibilizada apenas a opção “Por carta”. Nesse caso, receberá o código de verificação por carta-pin, para a morada que consta na Segurança Social. O prazo para o envio é, em regra, de oito dias úteis.

Depois, clique no botão “Pedir código de verificação”. Desta forma, fica concluído o pedido de adesão à Segurança Social Direta.

Segurança Social Direta

6.º passo

Depois de receber o código de verificação, ative a sua conta na Segurança Social Direta, seguindo os próximos passos.

7.º passo

Insira o código de verificação enviado para o canal que indicou. Em seguida, clique no botão “Confirmar código de verificação”.

​​
8.º passo

Defina e confirme a sua palavra-passe. Para prosseguir, clique no botão “Confirmar palavra-passe”.

 

9.º passo

A sua palavra-passe foi definida com sucesso. Clique em “Efetuar o acesso na Segurança Social Direta com a sua palavra-passe”. Após este passo, já poderá aceder à sua área pessoal na Segurança Social Direta.

Segurança Social Direta

 

10.º passo

Para começar a utilizar os serviços disponibilizados na Segurança Social Direta, basta autenticar-se, inserindo o seu NISS e a palavra-passe. Em alternativa, pode efetuar a autenticação via autenticação.gov.pt, através da Chave Móvel Digital ou do Cartão de Cidadão.

Após a autenticação, atualize os seus contactos na Segurança Social Direta.

 

Que serviços estão disponíveis na Segurança Social Direta?

Os serviços disponíveis na Segurança Social Direta estão organizados em seis temas: conta-corrente, família, emprego, doença, ação social e pensões. Eis o que pode fazer em cada um:

Conta-corrente

  • Consultar informação sobre os vários valores que tem a receber, devolver ou pagar à Segurança Social.
  • Proceder a eventuais regularizações de pagamentos.

Família

  • Pedir o abono de família, abono pré-natal e a reavaliação do abono de família.
  • Consultar, registar e corrigir a Prova Escolar do ano letivo em curso.
  • Registar e consultar requerimentos do estatuto de cuidador informal e do respetivo subsídio.
  • Requerer subsídios de parentalidade.
  • Consultar, registar e atualizar os elementos que compõem o agregado familiar e relações familiares.
  • Consultar e registar os rendimentos de todos os elementos do agregado familiar.
  • Requerer e consultar o requerimento de prestação social para a inclusão.
  • Pedir reembolso de despesas de funeral.

Emprego

  • Verificar a situação do pedido de subsídio de desemprego.
  • Emitir a declaração comprovativa da situação de subsídio de desemprego.
  • Registar e consultar pedidos de prestações compensatórias de subsídios de férias e Natal.
  • Consultar a carreira contributiva na Segurança Social.
  • Consultar as contribuições de trabalhadores independentes e pagamentos para um determinado ano.
  • Registar, consultar ou substituir declarações trimestrais; corrigir ou entregar declarações do ano anterior; e alterar o rendimento relevante dos cônjuges.
  • Optar pelo regime de declaração trimestral, no caso de trabalhador independente com contabilidade organizada.
  • Registar pedido para ser cônjuge ou unido de facto de trabalhador independente.

Doença

  • Consultar informação sobre prestações de doença.
  • Solicitar declaração do estado de impedimentos temporários para o trabalho (subsídio de doença e prestações de parentalidade).
  • Pedir e renovar o Cartão Europeu de Seguro de Doença.

Ação social

  • Comunicar as frequências mensais de utentes de Instituições Particulares de Solidariedade Social (IPSS).

Pensões

  • Simular o cálculo de pensões de invalidez ou velhice do regime geral de Segurança Social.
  • Pedir pensão de invalidez e pensão de velhice.
  • Consultar recibos de pagamento de pensão.
  • Obter a declaração anual de rendimentos de pensões.
  • Subscrever e suspender o regime público de capitalização.
Ler mais

Mais sobre

Segurança Social

Este artigo foi útil?

Se ficou com dúvidas ou tem uma opinião que deseja partilhar, preencha o formulário abaixo para entrar em contacto connosco.

VERÃO é
COM o CLUBE PELICAS!

Conheça todas as atividades preparadas para as suas crianças

Saiba mais

Poupança Complementar

Esta poupança é ideal para si. Sonhe com a próxima viagem, a aquisição de uma casa ou de um automóvel. Seja qual for o objetivo a modalidade mutualista Poupança Complementar acompanha as diferentes fases da vida, permitindo entregas livres ou periódicas e garantindo flexibilidade no reembolso. Mesmo que a sua vida mude, poderá realizar todos os projetos.

Razões para começar agora

Pode começar a poupar de forma simples

  • Poupar é mais simples se começar por pequenos passos. Pode subscrever a partir de 100€

Sem comissões de subscrição

  • Não é cobrada qualquer comissão de subscrição quando subscreve a modalidade Poupança Complementar

Flexibilidade no momento do reembolso

  • Se necessitar, aceda ao seu dinheiro a qualquer momento, ainda que sujeito a eventuais penalizações sobre o rendimento
×

Comece a poupar na sua área pessoal

Entrar

O que precisa de saber

Idade de subscrição: A partir de 18 anos

Prazo: Sem prazo. Eventuais penalizações no rendimento acumulado de entregas reembolsadas com cinco ou menos anos

Valorização anual: Rendimento mínimo acrescido do eventual rendimento complementar aprovado em Assembleia Geral de associados

Interessado? Saiba como começar a poupar

Para subscrever esta modalidade mutualista, basta:

  • Ser Associado (caso ainda não seja poderá associar-se de forma simples e rápida) e manter ativo o vínculo associativo
  • Definir o montante de entrega mínima inicial entre 100€ e 500 000€

Como reforçar a sua poupança

Entregas programadas/periódicas:

  • Mensais: 10,00 €
  • Trimestrais: 25,00 €
  • Semestrais: 50,00 €
  • Anuais: 100,00 €

Entregas adicionais livres: 20,00€

Benefícios

  • Constituir e manter uma poupança flexível e valorizada permite-lhe apoiar os seus projetos ao longo da sua vida com total segurança e qualidade de vida. Usufrua também de todos os benefícios a que pode aceder por ser Associado, nas áreas da saúde, lazer e qualidade de vida.
  • Pode reembolsar entregas com mais de 5 anos de antiguidade sem qualquer penalização no rendimento, no caso do reembolso de entregas com 5 ou menos anos de antiguidade, desde que o respetivo motivo se enquadre nos fins de exceção previstos.
  • Capitalização do rendimento gerado, creditado na poupança, e tributado apenas aquando do seu reembolso, podendo vir a beneficiar de tributação apenas sobre parte do rendimento auferido, no caso de reembolso de entregas com antiguidade superior a 5 anos.

Reembolsos

Podem ser efetuados reembolsos a qualquer altura. No momento do reembolso o Associado tem direito ao capital acumulado (capital entregue e respetivo rendimento, deduzido de eventuais reembolsos e penalizações).

A segurança do Mutualismo

As suas contribuições estão em boas mãos com a Associação Mutualista Montepio. Todos os capitais, pensões ou rendas a pagar pela Associação estão garantidos pelo seu ativo. Com 180 anos de experiência na gestão das poupanças, bem como de coberturas por morte, invalidez e longevidade dos portugueses, mais de meio milhão de associados Montepio fazem desta Associação uma referência no setor mutualista e da economia social.

Ler mais

Torne-se Associado

Saiba mais
Mais produtos para si

Poupança Reforma

  • Garantia de um complemento à reforma
  • Valorização atrativa
  • Possibilidade de começar a poupar a partir de 100€
Saiba mais