Pensões: saiba quanto vão aumentar em 2023

Todas as pensões serão atualizadas no próximo ano. Se é pensionista, saiba, neste artigo, quanto receberá de aumento.
Artigo atualizado a 01-12-2022

Em 2023, os pensionistas voltarão a ter aumentos, por via da atualização automática anual, que habitualmente ocorre em janeiro. No entanto, no próximo ano, não serão aplicadas as regras de atualização automática das pensões. Se fossem seguidas as fórmulas legais (ver tabela), os aumentos seriam mais generosos.

A justificar a suspensão da aplicação da lei está o suplemento extraordinário pago em outubro de 2022, de valor equivalente a meia pensão. De acordo com o Governo, este pagamento suplementar e a atualização a realizar em janeiro garantem o mesmo aumento que decorreria das fórmulas que a lei estabelece.

Atualização automática

Por lei, as pensões são atualizadas automaticamente com base em dois indicadores:

  • A média anual da inflação, sem os preços da habitação, dos últimos 12 meses terminados em novembro;
  • O crescimento médio do Produto Interno Bruto (PIB) nos últimos dois anos terminados no terceiro trimestre.

Aplicam-se as seguintes fórmulas de atualização automática das pensões, em função do valor da pensão:

EscalõesCrescimento do PIB
Inferior a 2%Entre 2% a 3%Superior a 3%
Inferior a dois IASInflaçãoInflação + 20% do PIB (mínimo inflação + 0,5 pontos percentuais)Inflação + 20% do PIB
Entre dois e seis IASInflação - 0,5 pontos percentuaisInflaçãoInflação + 12,5% do PIB
Superior a seis IASInflação - 0,75 pontos percentuaisInflação - 0,25 pontos percentuaisInflação

Em 2023, o IAS –  Indexante dos Apoios Sociais – será igual a 480,43 euros.

Quanto vão aumentar as pensões em 2023?

Em 2023, as pensões de velhice e de invalidez terão os seguintes aumentos, segundo o Governo:

  • 4,83%, para as pensões até 960,86 euros (duas vezes o valor do IAS);
  • 4,49%, para as pensões entre 960,86 euros e 2 882,58 euros (entre duas e seis vezes o valor do IAS);
  • 3,89%, para as pensões acima de 2 882,58 euros (seis vezes o valor do IAS).

Estes aumentos são superiores aos que o Governo tinha definido no regime transitório de atualização das pensões, publicado em outubro. Na base desta revisão em alta estão os dados mais recentes da inflação de novembro e da evolução da economia no terceiro trimestre do ano, conhecidos a 30 de novembro. 

Exemplo

Numa pensão de 800 euros, o aumento de 4,83% representa mais 38,64 euros por mês. No entanto, se fosse aplicada a fórmula prevista na lei, este pensionista receberia mais 50,52 euros por mês.

Ler mais

Mais sobre

Reforma , Segurança Social

Este artigo foi útil?

Se ficou com dúvidas ou tem uma opinião que deseja partilhar, preencha o formulário abaixo para entrar em contacto connosco.
< Voltar à página de Descontos

MEO

Beneficie de vantagens exclusivas para associados na adesão aos serviços MEO.

ADIRA AO MEO COM VANTAGENS EXCLUSIVAS

  • Oferta de 2 mensalidades
  • Desconto até €9/mês
  • 2 meses de dados móveis ilimitados
  • 30GB de Net Móvel por €7,50/mês €15,00

APROVEITE JÁ!

Ligue grátis 800 207 918
(dias úteis, das 9h às 21h)
Canal de adesão exclusivo de Parceria

Condições exclusivas de parceria válidas até 31-12-2022 para novos clientes TV de pacotes M3 e M4. Implica adesão à fatura eletrónica, débito direto e fidelização de 24 meses. Oferta de 2 meses de dados móveis ilimitados e de 5G para sempre, aplicável a pacotes M4. Desconto de €9 no pacote M4 1Gbps. A MEO só garante estas vantagens para adesões efetuadas através deste número ou dos Gestores Comerciais presentes na sua empresa. IVA incluído à taxa de 23%.

Tem dúvidas?