< Voltar à página de Voluntariado

9 ideias para implementar voluntariado corporativo

Gostaria de iniciar um projeto de voluntariado na sua empresa, mas não sabe como implementar? Conheça algumas ideias.

Há muitas formas de incorporar o voluntariado na gestão diária das empresas. Conheça nove formas de voluntariado corporativo que podem ser implementadas, de acordo com o ABC do voluntariado empresarial, um manual desenvolvido em parceria pela RSE Portugal (atualmente Associação Portuguesa de Ética Empresarial), a ACEP (Associação para a Cooperação Entre os Povos), a AIP-CE (Associação Industrial Portuguesa) e a SOCIUS  (Centro de Investigação em Sociologia Económica e das Organizações, do Instituto Superior de Economia e Gestão).

9 ações de voluntariado corporativo 

1. Dia de voluntariado

A empresa define um dia por ano para uma ação de voluntariado, como forma de promover o envolvimento dos trabalhadores em causas sociais. É tendência nas grandes empresas determinar um dia para voluntariado extensivo a todas as participadas do grupo. Além de beneficiar a comunidade local, pode funcionar como motivação dos funcionários. E ainda contribuir para a perceção de uma identidade global, de grande família corporativa.

2. Ações pontuais

Por outro lado, podem ser também levadas a cabo ações de intervenção pontual. Estas consistem em iniciativas organizadas pelas empresas, relacionadas com campanhas concretas. São exemplos campanhas de recolha de alimentos ou vestuário para distribuir numa associação local. Além dos trabalhadores, podem participar amigos e familiares.

Dia do Voluntariado do Grupo Montepio

A 6.ª edição do Dia do Voluntariado do Grupo Montepio decorre no dia 25 de maio e reúne entre 280 e 350 colaboradores.

3. Banco de tempo

Esta modalidade de voluntariado corporativo poderá incentivar os colaboradores a realizar atividades de solidariedade durante o horário laboral. O trabalhador escolhe o melhor momento do dia para colocar em prática estas tarefas, sendo remunerado como se de trabalho efetivo se tratasse.

4. Apoio a iniciativas particulares

Algum dos seus colaboradores participa em atividades de solidariedade a título particular? Por que não enquadrá-las num projeto de solidariedade da empresa, aproveitando interesses individuais para criar um programa de voluntariado interno? Pode sempre tornar esse trabalhador no coordenador do projeto e incentivar a adesão dos restantes.

5. Projetos de grupo

A empresa pode desenvolver projetos específicos de intervenção na comunidade, envolvendo pessoas de diferentes departamentos e cargos. Fora do ambiente formal de trabalho, colegas de níveis hierárquicos distintos podem estabelecer interações que são benéficas para a empresa. A entidade escolhida para acolher ações de voluntariado pode estar relacionada com a área de intervenção da empresa. Por exemplo, uma farmacêutica pode ajudar uma associação de pacientes.

6. Permissão para serviço social

Nesta modalidade de voluntariado corporativo, a empresa cede temporariamente trabalhadores a determinada organização. Estes ajudarão a implementar iniciativas de cariz social. O trabalhador será integrado na equipa da entidade durante determinado período, mas mantém o vínculo laboral e continua a receber o salário.

7. Assessoria profissional

Também conhecido como pró-bono, neste formato a empresa presta os seus serviços habituais a associações, sem qualquer custo adicional. É frequente em consultoras, gabinetes jurídicos ou setores tecnológicos, mas também pode ser utilizado para resolver problemas logísticos, de comunicação ou de formação específica.

8. Outdoor solidário

A empresa organiza iniciativas outdoor de intervenção na comunidade, desde ações de limpeza de matas ou praia, pintura de paredes ou visitas a hospitais. Por regra, estas iniciativas pressupõem a realização de tarefas que as pessoas não estão habituadas a realizar no dia-a-dia.

9. Contribuições com material e donativos económicos

A empresa pode contribuir para determinada causa ou associação. Este apoio pode ser feito de várias formas, desde a contribuição financeira à cedência de equipamentos ou instalações. Nesta modalidade, é frequente a doação de equipamentos informáticos a organizações nas quais os empregados realizam voluntariado ou a oferta de descontos na compra de material, de serviços ou de produtos comercializados pela empresa. As doações de sangue, roupas, livros ou brinquedos também são comuns, tal como as ações de angariação de fundos.

Ler mais

Saiba mais sobre

Impacto social , Voluntariado

0

Comentários

Comentários

Os comentários podem ser editados por questões de clareza e para permitir respostas mais gerais.