< Voltar à página de Crédito

Como o banco avalia se dá crédito?

Conceder crédito é uma das principais funções dos bancos. No entanto, antes de emprestar, é fundamental que o banco faça uma avaliação rigorosa da situação financeira do cliente. Conheça alguns fatores que os bancos têm em conta na hora de decidir um crédito.
Crédito: Fatores que o banco avalia antes de emprestar dinheiro

O objetivo do crédito é que as pessoas e as empresas possam concretizar alguns projetos, como comprar uma casa ou expandir o negócio. Antes de decidir a concessão de um empréstimo, o banco faz uma avaliação detalhada ao cliente. Nessa análise de risco de crédito são tidos em conta diversos fatores. Saiba quais são.

5 critérios de avaliação de risco de crédito

1. Taxa de esforço

Uma das formas de a instituição financeira avaliar se concede ou não crédito ao cliente é através da análise da sua taxa de esforço.

O peso do crédito

As prestações dos empréstimos não devem ser superiores a 40% do rendimento familiar mensal

Isso permite saber se os rendimentos do cliente são suficientes para assegurar o pagamento do crédito. A taxa de esforço mostra qual é o peso (em percentagem) dos encargos com créditos contraídos no rendimento familiar mensal. Calcula-se fazendo a divisão das prestações dos créditos pelo rendimento total disponível todos os meses. Para que as finanças sejam consideradas saudáveis, é preciso que a taxa de esforço não ultrapasse 40% do rendimento.

2. Relação com o cliente

Também a relação que o cliente tem com o banco é importante para conseguir a aprovação do empréstimo. O histórico do cliente mostra à instituição financeira o tipo de movimentos financeiros realizados, o que permite traçar um perfil. Pontualidade e eficiência nos pagamentos são extremamente valorizadas.

3. Caráter 

A análise do comportamento do cliente no mercado de crédito é outro elemento valorizado pelo banco. Para verificar a reputação do cliente, o banco recorre, entre outros registos, à base de dados da Central de Responsabilidades de Crédito (CRC) do Banco de Portugal. Aqui, consta informação sobre todos os empréstimos contraídos pelo cliente, eventuais incumprimentos e o montante que ainda está em dívida.

4. Valor do património

O valor do património e as garantias do crédito poderão ser o suporte para o banco conceder o empréstimo. Um bom património por parte do cliente é a garantia usada pelo banco para conseguir recuperar o valor em dívida, caso o cliente deixe de pagar as suas prestações.

5. Capacidade de gestão

A capacidade de gerir o dinheiro é, também, um importante elemento, que poderá definir a concessão do crédito. É avaliada, por exemplo, através dos dados pessoais, como o cargo ocupado na empresa, a estabilidade no emprego e o nível de escolaridade.

Apesar de os bancos terem modelos de análise, os empréstimos são estudados caso a caso e os critérios de aprovação variam de instituição para instituição.

Ler mais

Saiba mais sobre

Crédito

Torne-se Associado

Saiba mais