< Voltar à página de Impostos

Como entregar o IRS Automático sem falhas? Veja neste tutorial

Se está abrangido pelo IRS Automático, há alguns cuidados que deve ter antes de o submeter. Conheça todos os passos a dar para entregar esta declaração automática de IRS.

O IRS Automático fica confirmado sem a intervenção do contribuinte, sendo entregue automaticamente pelo sistema informático da Autoridade Tributária Aduaneira (AT) no final do prazo. Mas não é recomendável deixar a declaração automática de IRS avançar sozinha. Isto porque pode estar incorretamente preenchida pela AT. Há também a desvantagem de só ser entregue no final do prazo, o que atrasa o pagamento de um eventual reembolso. Além disso, se os casais nada fizerem, é assumida a tributação separada, mesmo que a tributação conjunta seja mais vantajosa. É por todos estes motivos que deve ser o contribuinte a entregar o IRS Automático.

Tem dúvidas sobre como entregar o IRS Automático?  Basta acompanhar os passos que lhe indicamos a seguir.

Entregar o IRS Automático em 12 passos

1.º Passo

Entre no Portal das Finanças, através do endereço http://www.portaldasfinancas.gov.pt.

2.º Passo

Na zona de destaques da homepage do Portal das Finanças, na área dedicada ao IRS, clique em “Aceder”.

3.º Passo

Para prosseguir deve autenticar-se, inserindo o seu NIF e a sua senha de acesso ao Portal das Finanças.

 

4.º Passo

Na sua página pessoal do IRS, na área de destaque do IRS Automático, pressione em “Confirmar declaração”.

5.º Passo

Confirme se o seu agregado familiar está completo. Caso falte ou esteja a mais algum elemento, deve proceder à entrega da declaração de IRS Modelo 3. Isto porque não é possível fazer qualquer correção no IRS Automático.

Se a informação respeitante ao seu agregado familiar estiver correta, pode prosseguir. É casado ou unido de facto? Então, deve indicar se pretende incluir informação sobre o cônjuge. Seguidamente, clique em “Continuar”.

6.º Passo

Faça a autenticação dos restantes elementos do seu agregado familiar.

Indique, para cada elemento do agregado familiar,  a senha de acesso ao Portal das Finanças.

7.º Passo

Após a autenticação de todos os elementos do agregado familiar, surge a declaração automática de IRS, que se encontra dividida em três áreas: agregado familiar, rendimentos retenções e despesas e pre-liquidação.

8.º Passo

Confirme se os rendimentos, as retenções na fonte de IRS e as contribuições para a Segurança Social de todos os membros do agregado familiar estão corretos. Para isso, basta clicar em “Ver detalhe” debaixo das informações de cada um.

Na página de detalhe de rendimento e retenções constam todos os valores reportados à AT pelas entidades pagadoras. Caso haja algum lapso, deve proceder à entregar da declaração de IRS Modelo 3. Como referido antes, o IRS Automático não permite qualquer correção.

Verifique ainda se não lhe faltam despesas do IRS, clicando em “Ver detalhe”. Repita o processo para cada elemento do agregado familiar.

Na página de detalhe de despesas estão apresentadas todas as despesas comunicadas à AT (e-fatura e declarações anuais). Faltam-lhe despesas? Nesse caso, deve entregar a declaração de IRS Modelo 3 e acrescentar as despesas em falta. Mas já sabe que deixa de poder entregar o IRS Automático.

Tenha em atenção que, no máximo, só são visíveis as informações de dois elementos do agregado familiar. Para ver os dados relativos aos restantes elementos, deve clicar na seta da direita.

9.º Passo

Na área de “Pré-liquidação” são apresentados os valores do reembolso ou do imposto adicional a pagar. Para os casais, é disponibilizada informação para a tributação conjunta e para a tributação separada. Deve selecionar o regime de tributação mais vantajoso, ou seja, com maior reembolso ou menor imposto a pagar.

Se clicar em “Demonstração de Liquidação”, pode ver em detalhe todas as contas do seu imposto: rendimento bruto, deduções específicas, rendimento coletável, taxa, deduções à coleta e coleta, etc.

 

10.º Passo

Antes de entregar o IRS Automático, pode ainda consignar o IRS e/ou o IVA a uma entidade autorizada pela AT para este efeito. Para finalizar a entrega do IRS Automático tem apenas de clicar em “Aceitar”.

 

11.º Passo

Depois da aceitação da declaração, é apresentado um novo écran com identificação da declaração e correspondente resultados da liquidação, devendo verificar ou corrigir o código IBAN. Deve ainda colocar um visto em “Li entendi as condições”. Finalmente, carregue em “Confirmar”. Desta forma, o IRS Automático é considerado entregue e a liquidação provisória converte-se em definitiva.

 

12.º Passo

Após a entrega da declaração automática de IRS, pode obter um comprovativo do envio, clicando em “Comprovativo”.

 

Nota:

A declaração automática de IRS não dispensa os contribuintes da obrigação de apresentarem, quando solicitado pela AT, os documentos comprovativos dos rendimentos recebidos e de outros factos ou situações relevantes mencionadas na declaração.

Ler mais

Saiba mais sobre

Impostos , IRS

Torne-se Associado

Saiba mais