< Voltar à página de Impostos

Sabe calcular o IMI da sua casa?

Para saber se está a pagar IMI a mais é essencial conhecer como se fazem as contas. Aprenda a calcular o seu Imposto Municipal sobre Imóveis.
Sabe como se pode calcular o IMI da sua casa?

Como calcular o IMI?

A fórmula de cálculo do IMI para imóveis habitacionais é muito simples. Para apurar o imposto basta multiplicar a taxa pelo valor patrimonial tributário (VPT) do imóvel.

IMI = Taxa x VPT

Taxa de IMI

A taxa de IMI é fixada todos os anos pelo município onde se localiza o imóvel e pode variar entre um mínimo de 0,3% e um máximo de 0,45%. Por norma, os municípios tendem a manter as taxas.

VPT

O VPT, que pretende ser uma aproximação do valor de venda,  é calculado pelas Finanças. A avaliação fiscal tem em conta as áreas, a localização, as características do imóvel e da zona envolvente e a idade.

Para o cálculo do VPT utiliza-se a fórmula matemática Vt = Vc x A x Ca x Cl x Cq x Cv, em que:

  • Vt = Valor patrimonial tributário
  • Vc = Valor base dos prédios edificados (preço de construção por metro quadrado)
  • A = Área bruta de construção mais a área excedente à área de implantação
  • Ca = Coeficiente de afetação (fim a que se destina. Habitação, por exemplo)
  • Cl = Coeficiente de localização (características da zona envolvente)
  • Cq = Coeficiente de qualidade e conforto (funcionalidade, comodidade de utilização e gozo)
  • Cv = Coeficiente de vetustez (idade do imóvel)

Porque é importante saber calcular o IMI?

Muitos proprietários estão a pagar um montante de IMI que não corresponde às casas que efetivamente possuem. Isto acontece porque as Finanças não atualizam automaticamente as variáveis que entram em linha de conta para determinar o VPT. Por exemplo, há proprietários de casas antigas que estão a pagar IMI como se fossem novas, a estrear, pelo facto de o coeficiente de vetustez nunca ter sido revisto. Este fator diminui à medida que o imóvel “envelhece”, para refletir no VPT a desvalorização decorrente da antiguidade.

Atenção ao IMI que paga

De três em três anos deve verificar se o Valor Patrimonial Tributário do seu imóvel está atualizado

Além do coeficiente de vetustez, existem outros parâmetros que podem mudar com o passar do tempo, como o valor base dos prédios edificados (é fixado anualmente por portaria), o coeficiente de localização (é atualizado de três em três anos) e o coeficiente de qualidade e conforto.

Essas alterações só são incorporadas se houver uma reavaliação do VPT. A lei permite que o próprio proprietário peça uma nova avaliação de três em três anos, sem qualquer custo. Mas, antes de dar esse passo, convém ver se vale a pena. Ou seja, se o novo VPT é mais baixo do que aquele que consta na caderneta predial, caso contrário a conta de IMI sobe, em vez de descer. Para facilitar a vida aos proprietários, as Finanças disponibilizam um simulador para calcular o VPT .

Agora que já sabe como as Finanças calculam o seu IMI, depende de si pagar apenas o imposto que é suposto. Não se esqueça: de três em três anos deve verificar se o VPT está atualizado.

Ler mais

Mais sobre

Casa , IMI

Este artigo foi útil?

Lamentamos saber. Deixe-nos a sua sugestão de como melhorar?

Torne-se Associado

Saiba mais